Cultura

Peça 'Simples Assim' chega a Goiânia com reflexões sobre o cotidiano

A peça acontece no Teatro Madre Esperança Garrido, nos dias 6 e 7, no elenco estão Julia Lemmertz, Georgiana Góes e Pedroca Monteiro

diario da manha
Foto: Reprodução/Victor Hugo Cecatto

Goiânia recebe, neste fim de semana, a peça “Simples Assim”, com a presença dos atores Julia Lemmertz, Georgiana Góes e Pedroca Monteiro. A peça acontece no Teatro Madre Esperança Garrido, no centro da capital.

‘Simples Assim’ é baseado na obra homônima da escritora gaúcha Martha Medeiros, que conta com várias crônicas sobre o cotidiano, vivências boas e ruins, questionamentos reflexões, tudo isso traduzido nos palcos de maneira cômica e reflexiva para o público.

As histórias são variadas, com personagens ficcionais e reais, como um casal que interage apenas pelo celular, uma mulher que contrata uma dublê de si mesma para não ter que se sobrecarregar e até mesmo uma jovem que escolhe ir para Marte e deixar o amante. E são nessas histórias onde o espectador é pego se indagando sobre a realidade em que vive, até que ponto a ficção que criamos na mente podem ser realidade? Além da identificação com a história contada na peça, é uma peça cômica com toques de realidade que nos colocam face a face com a vida.

O mesmo acontece quando se lê as obras de Martha Medeiros, uma das maiores escritoras brasileiras, colunista do O Globo, Zero Hora e mais de um milhão de livros vendidos. Em suas crônicas, as reflexões sobre a vida são tratadas de maneira cômica, com humor e afeto.

Com suas charmosas palavras, Martha reflete sobre a peça e o livro.

“A vida é difícil, mas a simplicidade salva. Corruptos existem, mas eles nada podem contra a morte. A tecnologia nos domina, mas o amor segue imperioso. Tudo se entrelaça. É um texto para rir e pensar sobre essa birutice toda”, explica.

“Montar a peça hoje é abrir um espaço de pensamento e, ao mesmo tempo, de prazer para os espectadores, desejando que eles possam rir e refletir sobre nossa linda e atribulada humanidade”, conclui.

Julia Lemmertz disserta sobre a autora, afirmando que ela discorre sobre assuntos profundos de maneira direta, traduzindo o caos da vida real em suas crônicas.

“Está todo mundo muito conectado em redes, links, mas pouco conectado com a pessoa que está do seu lado, com o presencial, o aqui agora. A peça vai colocando situações para que você reflita como é estar nesse mundo com essa quantidade de informação, de solicitações e como você se forma humano nisso. Como você permanece humano dentro de tanta demanda”, diz.

Ela ainda aponta sobre a condição mental que está à merce das tecnologias e do estresse diário.

“É um momento de tantas coisas para se refletir. Ele se passa no Brasil, mas o mundo inteiro está assim. Estamos em uma convulsão geral, as pessoas estão em situação limite”, afirma.

E são nessas loucuras do cotidiano que encontramos emoções, choros, gritos, sorrisos e disso tudo só há uma certeza: a vida é simples assim, com começo, meio e fim, portanto basta aproveitar o que há no meio, o recheio é sempre mais saboroso, para que no final existam histórias para contar.

Local: Teatro Madre Esperança Garrido

Temporada: 06 e 07 de agosto

Horários: Sábado às 21h / Domingo às 19h

Endereço: Av. Contorno, 241 – Centro – Goiânia/GO


Ingressos

Plateia inferior: R$ 150,00 (inteira) / R$ 75,00 (meia-entrada)

Plateia superior: R$ 100,00 (inteira) / R$ 50,00 (meia)

Ingresso Popular / plateia superior: R$ 50,00 (inteira) / R$ 25,00 (meia)


Classificação: 12 anos

Duração: 75 minutos

Gênero: Comédia

Lotação: 785 lugares


Vendas Online: https://www.guicheweb.com.br/simplesassim


Ponto de Venda Komiketo

Segunda a domingo, das 11h às 00hAv. T-4, 6000 – (62) 3255-4040

Leia também

Comentários