DM Autos

Prisma segue o exemplo do Onix e ganha também versão Advantage automática

diario da manha

Norton Luiz
Editor de Veículos

O Chevrolet Prisma 1.4 muda o visual e ganha transmissão automática de seis velocidades na nova versão de entrada Advantage. A transmissão automática é o um item de conforto de grande  relevância e com essa tecnologia o Prisma Advantage passa a ser a opção de sedã automático mais acessível do portfólio Chevrolet. Recentemente, Onix, líder absoluto de vendas do mercado, ganhou também a versão Advantage e tornou-se no automático mais em conta da gama Chevrolet, com preço de R$ 53.990.

“Nossas pesquisas revelaram que o consumidor, neste momento, carecia de um sedã automático moderno, porém mais acessível. Foi isso que norteou o desenvolvimento do novo Prisma Advantage 1.4 ECO”, declara Hermann Mahnke, diretor de Marketing da GM.

O Prisma Advantage custa R$ 58.690. Ele conta com ar-condicionado, direção elétrica progressiva, sistema de áudio com Bluetooth, travas, retrovisores externos e vidros dianteiros com acionamento elétrico, além regulagens de altura do volante, cinto e banco do motorista.

Fazem parte também do pacote o Sistema Ixofix e Top Tether para fixação de cadeirinha infantil, alerta de baixa pressão dos pneus, alerta de esquecimento dos faróis acesos, alerta de não utilização do cinto de segurança, duplo airbag e freios ABS com EBD também fazem parte de um pacote único. Apesar de bem equipado, a novidade não oferece a central multimídia MyLink

O Prisma Advantage diferencia-se pelas calotas escurecidas aro 15, pelos adesivos de coluna e as capas dos retrovisores externos em preto brilhante, além do emblema com nome da versão nas portas dianteiras. O interior predominantemente escuro replica o mesmo acabamento contemporâneo do exterior. A carroceria traz quatro opções de cores: cinza, branco, preto ou prata.

Seis marchas

O Prisma Advantage vem equipado com o motor flex 1.4 ECO de até 106 cv e a transmissão automática de seis velocidades com tecnologia Activ Select, que permite trocas no modo manual por meio de teclas na alavanca do câmbio – o mesmo conjunto mecânico das versões mais sofisticadas.

De acordo com os dados do Inmetro, esta configuração do Prisma é nota máxima em eficiência energética (AA). Com etanol, o veículo percorre média de 8,1 km/l na cidade e de 10,2 km/l na estrada. Com gasolina, os números são 11,9 km/l e 14,7 km/l, respectivamente. O porta-malas do sedã tem capacidade para 500 litros.

A transmissão automática do Prisma Advantage destaca-se pelas trocas suaves e funcionamento linear. Na estrada, a sexta marcha contribui para o conforto acústico, fazendo com o motor trabalhe em rotações mais baixas em velocidade de cruzeiro.

“A maior escala e os menores custos de produção da transmissão automática tornaram possível a aplicação desta tecnologia em modelos mais acessíveis, como o Prisma Advantage”, explica Fabiola Rogano vice-presidente de Engenharia da GM.

Sedã mais vendido do Brasil no acumulado desde 2015, o Prisma era oferecido até então em três versões de acabamento (Joy, LT e LTZ), duas opções de motorização (1.0 e 1.4) e duas de transmissão (manual e automática), ambas de seis marchas.

 

 

Comentários

Mais de DM Autos