DM Autos

Volkswagen anuncia o caminhão elétrico e-Delivery para 2020

Anúncio foi feito na Fenatran 2019 e fabricação terá parceria do e-consórcio

diario da manha
Volkswagen e-Delivery de 11 e 14 toneladas: produção em 2020

A Volkswagen Caminhões e Ônibus anunciou no 22º Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga (Fenatran 2019) a produção dos caminhões elétricos e-Delivery de 11 e 14 toneladas a partir do próximo ano.

A fabricação será feita em parceria com o e-consórcio e prevê desde a montagem até a infraestrutura de recarga e gerenciamento de ciclo de vida da bateria dos caminhões elétricos.

Fazendo todo o ciclo de produção e atendimento, a Volkswagen Caminhões e Ônibus dá um passo largo na viabilização da mobilidade elétrica. Com isso, a marca alavanca seu comprometimento de toda a cadeia de fornecedores. O resultado é a integração e a facilidade ao acesso à tecnologia elétrica em veículos comerciais.

A produção dos primeiros caminhões leves elétricos brasileiros será feita em parceria com empresas que integram o e-consórcio. São elas a Bosch, CATL, Moura, Semcon, Siemens, Weg, Meritor e Eletra. A fabricação será no complexo de desenvolvimento e produção da VWCO, em Resende (RJ).

Volkswagen e-Delivery de 11 toneladas

Produção começa com o Volkswagen e-Delivery de 14 toneladas

A produção em série começa no próximo ano com o Volkswagen e-Delivery 14 toneladas. O modelo será o primeiro do portfólio elétrico da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

As adequações na fábrica da Volkswagen já estão em andamento. Elas envolvem preparação para montagem dos componentes elétricos, energização dos veículos e inspeção de qualidade em área especialmente designada para o e-Delivery. Na sequência será a vez do e-Delivery 11 toneladas somar-se à linha elétrica.

É a primeira vez no mundo que uma marca prevê desde a montagem até a infraestrutura de recarga e gerenciamento de ciclo de vida da bateria desses caminhões. Nesse ponto o e-Consórcio vai facilitar o acesso à tecnologia elétrica em veículos comerciais e prevê um sistema de produção único no mundo e revolucionário desde sua criação.

Volkswagen e-Delivery de 14 toneladas: primeiro caminhão elétrico desenvolvido no Brasil

Novo trem de força

O e-Delivery 14 toneladas 6×2 será o primeiro caminhão desenvolvido no Brasil a entrar em produção em série em 2020. O modelo traz novo conjunto de trem de força e arquitetura modular para atender todo o portfólio de veículos comerciais elétricos Volkswagen.

O motor elétrico entrega até 260 kW de potência com autonomia de até 200 km, variando de acordo com as condições de operação. A recarga das baterias pode ser realizada de forma flexível (30% em 15 minutos ou 100% em 3 horas). Desta forma, atende às mais variadas demandas da operação, assim como a disponibilidade de infraestrutura.

O e-Delivery 14  toneladas também traz sistema de leitura inteligente da massa transportada pelo veículo para ajustar o consumo de energia, em conjunto com o Eco-Drive Mode.

Volkswagen e-Delivery de 11 e 14 toneladas: produção em série começa em 2020

Além de baixo nível de ruído e emissões zero, o conforto do e-Delivery é assegurado pelo exclusivo sistema de suspensão a ar. Isso torna a experiência a bordo muito mais confortável, reduzindo a fadiga e colaborando para o aumento da produtividade da operação.

Volkswagen e-Delivery possui freio com sistema regenerativo

Para maximizar a performance do e-Delivery, o freio possui sistema dinâmico de regeneração. O sistema é capaz de recuperar até 35% da energia durante a frenagem e passa a ser utilizada para recarregar as baterias. O freio regenerativo atua combinado ao freio de serviço, de maneira a prover máxima desaceleração do veículo e menor desgaste dos componentes.

A VW Caminhões e Ônibus foi a primeira fabricante a testar, em condições reais de operação, um caminhão elétrico no Brasil. O e-Delivery de 11 e 14 toneladas foi amplamente testado, tendo rodado mais de 15 mil km na frota de uma grande cervejaria brasileira. Seu desempenho foi tão satisfatório que a própria cervejaria sinalizou na compra de 1.600 unidades.  

Durante o teste, o e-Delivery deixou de emitir mais de 11 toneladas de CO² na atmosfera e de consumir mais 3.300 litros de diesel. Além disso, o caminhão elétrico é recarregado com 100% de energia elétrica proveniente de fontes limpas, como eólica e solar.

Volkswagen e-Delivery de 11 toneladas: cabine

Vale ressaltar que 43% de sua energia provém do próprio sistema regenerativo de freios do veículo.

Aproveitamento de energia

Entre os benefícios, o caminhão passa a reaproveitar mais de 40% da energia proveniente do próprio sistema regenerativo de freios do veículo. Aperfeiçoamentos em seu sistema como o processo de resfriamento e aquecimento do conjunto de baterias, por exemplo, proporcionam uma maior durabilidade para o sistema, o que eleva inclusive sua capacidade de carga.

Localizado na porção traseira, seu trem de força oferece até 260 kW de potência, com máximo de 2.150 Nm mesmo em baixas rotações e dispensa o uso de transmissão devido a seu alto torque transmitido de forma imediata ao eixo trativo. Parte em rampas de 30% sem qualquer dificuldade.

Autonomia de 200 km

Na parte central, vem o conjunto de baterias de íon de lítio que propiciam em torno de 200 quilômetros de autonomia, variando de acordo com a configuração do veículo para atender à aplicação do cliente. Nessa contabilidade, não se considera a extensão viabilizada com a energia recuperada com o freio regenerativo de três estágios, que recarrega as baterias.

Para o melhor custo operacional, o modelo conta com um controle inteligente que pode programar a recarga apenas para os horários de menor consumo na rede elétrica. Consequentemente, tarifas acabam sendo reduzidas.

Volkswagen e-Delivery de 12 toneladas: cabine

Sistemas auxiliares

Os sistemas auxiliares como compressores de ar, ar-condicionado, bomba de direção e de água ficam a cargo de motores elétricos controlados de forma independente, otimizando o consumo de energia dos mesmos. Esses componentes estão localizados no módulo dianteiro do veículo, assim como a cabine foi desenhada para ser a mais moderna do mercado de caminhões leves do mundo.

Conectividade, gestão de serviços sob medida, planos de manutenção para todas as necessidades, assistência 24 horas e uma rede de concessionários estrategicamente distribuídos pelo País são os pilares do Volkscare. A empresa é a nova estrutura de atendimento ao cliente da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Era da conectividade

Uma das principais novidades do novo modelo de atendimento é o uso de dados de conectividade RIO, a empresa de soluções digitais do Grupo TRATON. O foco em desempenho, segurança e telemetria, captura dados dos veículos e os transforma em informações valiosas para o gestor. A plataforma é baseada em nuvem e analisa informações em tempo real. É flexível, oferecendo liberdade para contratar ou cancelar os serviços.

Os dados captados pela RIO Box podem ser acessados até mesmo pelo celular, por meio do aplicativo Pocket Fleet, permitindo o acompanhamento dos negócios e intervenções em tempo real, em caso de necessidade.

VW e-Delivery de 11 toneladas
VW e-Delivery de 12 toneladas

Comentários

Mais de DM Autos