DM Autos

Veículos mais vendidos no mês de outubro de 2019

Chevrolet Onix lidera as vendas. Jeep Renegade fica em primeiro lugar entre os SUVs

diario da manha
Chevrolet Onix Plus: líder entre os sedãs

Saiba agora quais foram os veículos mais vendidos em outubro de 2019 no mercado brasileiro. Virou rotina e o Chevrolet Onix manteve-se na liderança geral em vendas no mês, com 21.198 unidades comercializadas.

No segmento dos SUVs, o Jeep Renegade conquistou a liderança pelo segmento mês consecutivo, com 6.680 unidades. Na segunda posição ficou seu irmão maior, o Jeep Compass, com 5.727 emplacamentos.

Jeep Renegade lidera as vendas entre os SUVs no mês de outubro

Entre os comerciais leves, a picape Strada, da Fiat, foi a mais vendida, com 6.958 emplacamentos. Na disputa entre os sedãs compactos, o novo Chevrolet Onix Plus (substituto do Prisma) estreou no mercado beliscando a primeira posição, com 7.140 vendas.

As vendas alcançadas pelo hatch compacto Onix foram mais do que o dobro do segundo colocado, o Ford Ka, que registrou 9.691 emplacamentos no mês de outubro. O Hyundai HB20 ficou em terceiro lugar, com 8.332.

Fechando a lista dos Top 5 mais vendidos no segmento dos hatch compactos aparecem o Fiat Argo, com 7.586, e o Volkswagen Polo, com 7.245 vendas.

Veículos: Liderança do Jeep Renegade

No segmento dos SUVs, o mais aquecido e disputado do mercado, a liderança ficou com o Jeep Renegade, com 6.680 emplacamentos. O modelo alcança o resultado pelo segundo mês consecutivo, uma vez que foi líder também em setembro.

Renegade fecha outubro com 6.680 unidades vendidas

Na segunda posição, com 5.721, ficou outro Jeep, Compass, que liderou as vendas em julho passado. Em terceiro figura o Nissan Kicks, com 5.550, e, em quarto, o Hyundai Creta, que liderou as vendas em agosto, com 5.324 unidades emplacadas. Em quinto, o Volkswagen T-Cross, com 5.084 vendas.

Volkswagen T-Cross: porta-malas reduzido

Embora tenha saltado da 6ª para a quinta colocação em vendas entre os SUVS, no mês de outubro, o utilitário esportivo da Volkswagen não consegue empolgar mesmo. O modelo foi lançado com uma proposta que prometia ser inovadora, mas até agora não conseguiu vendas satisfatórias.

O veículo chegou ao mercado com um pecado imperdoável, o que pode explicar um pouco do seu questionado desempenho de vendas.  O modelo desembarcou no mercado com um porta-malas de tamanho reduzido. A marca talvez tenha esquecido que famílias que compram SUVs querem espaço para transportar bagagens.

Volkswagen T-Cross peca o tamanho reduzido do porta-malas

No T-Cross são apenas 375 litros no bagageiro, podendo crescer pouco mais de 50 litros. Não dá mesmo para aceitar um SUV com porta-malas de hatch. Enquanto isso, os concorrentes diretos, como HR-V, Creta, Kicks e Compass, não pouparam espaço no ambiente de bagagens.

Volkswagen T-Cross: novo SUV ganha uma posição, mas ainda não empolga em vendas

Nos últimos três meses, por exemplo, o T-Cross, foi o sexto colocado entre os veículos mais vendidos em julho, o quarto em agosto e o quinto agora em outubro, passando o Honda HR-V. Em julho, o Volkswagen T-Cross emplacou 315 unidades, enquanto o então líder Jeep Compass vendeu 6.171 carros.

No mês  seguinte o modelo da Volkswagen vendeu 4.224 unidades e o líder naquele momento, o Hyundai Creta, comercializou 6.643 veículos.

Esforço para ser bem aceito

Por fim, em setembro, o T-Cross, que se esforça para ser bem aceito pelo consumidor, foi o sexto colocado em vendas entre os veículos mais vendidos, emplacando 3.776 unidades. O líder naquele mês, o Jeep Renegade, emplacou 6.089 unidades.

A Volkswagen esperava também ser mais agressiva em vendas com os modelos Polo e Virtus. Acontece que, assim como o T-Cross, nem esses dois estão conseguindo alcançar os objetivos da marca. Destes, esperava-se muito mais nos números de vendas, mas as estatísticas mostram um comportamento diferente.

Veículos: Chevrolet Onix Plus lidera entre os sedãs

O novo Chevrolet Onix Plux, variante sedã do hatch, que ainda não começou a ser vendido, liderou as vendas em outubro, com 7.140 emplacamentos. Na segunda posição ficou o Toyota Corolla, com 6.211 vendas, e, em terceiro, o Ford Ka 5.083 unidades comercializadas.

Onix Plus estreia no mercado fechando o mês de outubro como líder de vendas entre os sedãs

Nas quartas e quintas posições entre os veículos mais vendidos em outubro de 2019, ficaram o Volkswagen Virtus, com 4.457, e o Chevrolet Prisma, que agora se chama Joy Plus, 4.259 emplacamentos.

Veja a lista dos 50 veículos mais vendidos em outubro

1º – Chevrolet Onix – 21.198
2º – Ford Ka – 9.691
3º – Hyundai HB20 – 8.332
4º – Fiat Argo – 7.586
5º – Volkswagen Polo – 7.245
6º – Chevrolet Onix Plus – 7.140
7º – Fiat Strada – 6.958
8º – Fiat Toro – 6.914
9º – Jeep Renegade – 6.680
10º – Volkswagen Gol – 6.570
11º – Toyota Corolla – 6.211
12º – Renault Kwid – 6.066
13º – Jeep Compass – 5.727
14º – Nissan Kicks – 5.550
15º – Hyundai Creta – 5.324
16º – Volkswagen T-Cross – 5.084
17º – Ford Ka Sedan – 5.083
18 – Fiat Mobi – 4.569
19º – Volkswagen Saveiro – 4.503
20º – Volkswagen Virtus – 4.457
21º – Renault Sandero – 4.288
22º – Chevrolet Prisma – 4.259
23º – Honda HR-V – 4.137
24º – Ford EcoSport – 3.478
25º – Toyota Hilux – 3.397
26º – Toyota Yaris – 3.192
27º – Renault Captur – 2.799
28º – Hyundai HB20S – 2.769
29º – Volkswagen Fox – 2.764
30º – Chevrolet S10 – 2.633
31º – Chevrolet Spin – 2.536
32º – Honda Civic – 2.536
33º – Fiat Cronos – 2.533
34º – Volkswagen Voyage – 2.499
35º – Renault Logan – 2.394
36º – Toyota Yaris Sedan – 2.387
37º – Ford Ranger – 2.329
38º – Renault Duster – 2.075
39º – Honda Fit – 1.961
40º – Nissan Versa – 1.959
41º – Toyota Etios – 1.686
42º – Citroën C4 Cactyus – 1.577
43º – Fiat Uno – 1.527
44º – Fiat Siena – 1.490
45º – Chevrolet Cobalt – 1.467
46º – Fiat Fiorino – 1.417
47º – Toyota Etios Sedan – 1.229
48º – Volkswagen Up – 1.229
49º – Chevrolet Cruze – 1.228
50º – Renault Oroch – 1.204

Comentários

Mais de DM Autos