DM Autos

Fiat Toro 2022: Avaliamos a versão Ranch 4x4 turbodiesel

Modelo se renova todo para esperar pela chegada da Maverik e da Montana

diario da manha

A Fiat Toro ganhou novas tecnologias e passou por uma renovação com apelo visual mais atraente na linha 2022. Além disso, o modelo trouxe como novidade o novo motor 1.3 Flex Turbo, de quatro cilindros e que rende até 185 cv de potência.

O motor 1.3 GSE é atração, o 1.8 Flex agora equipa apenas a versão de entrada Endurance e o 2.0 4×4 turbodiesel, de 170 cv, se mantém firma sob o capô das versões mais caras.

Desde que foi lançado, em 2016, o modelo médio/compacto reina sozinho no segmento do qual ela mesma foi a precursora. Contudo, a Toro parece ter se preparado para esperar a chegada dos concorrentes.

Afinal, estão vindo aí a picape americana Ford Maverik, que será lançada ainda este mês, e a nova Chevrolet Montana, já confirmada pela General Motors, mas sem data de lançamento ainda.

Adversários

A disputa no segmento das picapes menores promete esquentar. A Toro 2022, renovada por completo, espera os adversários. A picape da Fiat guarda muitas qualidades e as razões da sua grande aceitação no mercado estão no seu conceito de desenvolvimento.

Dirigir a Toro é como estar ao volante de um SUV. Portanto, nesse quesito você dirige uma picape com o mesmo conforto de um veículo utilitário esportivo.

A Fiat Toro não é um SUV, mas o modelo não disfarça estar com um pé no literalmente no mundo dos utilitários esportivos o quesito dirigibilidade. A picape média/compacta da Fiat oferece também o conforto de um sedã. Se ainda não o fez, experimente dirigir a picape na cidade e na estrada de chão. Você vai entender melhor o que está lendo.

Definitivamente, a Fiat Toro foi desenvolvida seguindo o conceito de espaço, conforto e dirigibilidade dos carros de passeio de uso familiar. Andamos na versão Ranch 2.0 turbodiesel 4×4, a segunda mais completa da ama. Na linha 2022, o modelo mostra-se mais próximo de um SUV graças às mudanças no interior, como nas novas tecnologias empregadas.

Fiat Toro Ranch

A Toro tem carroceria. Como, então, fazer uma comparação com um utilitário esportivo ou mesmo um sedã que têm foco no uso familiar? A explicação está nas características de conforto e dirigibilidade que a picape guarda com os veículos de passeio.

A diferença da Toro para um modelo SUV ou mesmo um sedã, está na sua caçamba. Contudo, o compartimento, com mais de 900 litros, pode ser transformado também num grande porta-malas, já que tem capota marítima.

Na Toro, a suspensão é específica para o uso em serviço mais pesado, mas nem por isso menos desconfortável do que a de um modelo de uso familiar.

Na Ranch a tampa da caçamba é marítima, mas se o comprador optar pela versão mais completa Ultra, a também é rígida. Chamada de Dynamic Cover, é sustentada por dois amortecedores a gás e impede a entrada de água e poeria.

Ela suporta até 100 kg em cima e pode ser aberta em até 40 graus. Quando for transportar objetos mais altos, pode ser retirada facilmente.

Ainda na Toiro Ultra, dentro da carroceria pode vir também um sacolão fabricado pela Mopar e vendido como acessório. Essa grande mala protege ainda mais malas e objetos diversos dos intemperes da natureza.

A Fiat Toro não é também apenas uma picape com porte, conforto, espaço e dirigibilidade de um SUV. Não é por acaso que é reconhecida com uma picape utilitária esportiva, nascida sob o conceito inédito chamado de SUP. O nascimento de uma nova picape no mercado reservava um papel de conquistas e admiração junto aos consumidores.

Sucesso de vendas

A Toro foi lançada em 2016 como uma picape precursora dentro de uma nova proposta de veículo utilitário. De lá pra cá, a picape fez uma revolução ao inaugurar um novo segmento. O modelo tornou-se um sucesso de vendas ao lado da imbatível Strada, sua irmã de porte menor.

A linha 2022 da Toro, lançada em abril passado, estreou no mercado com sua mais profunda mudança. Por fora, a reestilização recebida ficou mais concentrada na parte dianteira, envolvendo grade, rodas, capô com vincos mais altos e faróis.

A versão Ranch turbodiedsel que nós avaliamos, e a versão Ultra, as duas mais completas da linha, ganharam um visual diferenciado das demais versões do modelo. As duas têm um apelo de design externo e interno mais arrojados.

Externamente, a nova grade hexagonal encorpada chama a atenção. Nas demais versões a grade tem desenho mais horizontal.

Na linha 2022 da Toro o interior foi mais agraciado nas intervenções, ganhando um novo visual, com destaque para as intervenções no painel e no novo console. Por exemplo, as mudanças permitiram quase dobrar para 26 litros a capacidade de armazenamento dos porta-objetos.

Tela vertical de 10,1”

Na versão Ranch – também na Ultra -, a grande tela vertical com 10,1 polegadas, de série, copia o da Ram 1500 Label e garante um visual imponente e que remete a luxo.

Era preciso mesmo uma atualização que deixasse a picape mais moderna. Afinal, ao longo do tempo a Toro foi ficando envelhecida e quando isso acontece com um produto que está sempre na ponta nas estatísticas de vendas, mudanças são necessárias. A Fiat fez bem o dever de casa com a repaginada no seu modelo queridinho do público.

A picape Fiat Toro 2022 representa a mais importante evolução do modelo, desde o seu lançamento. Apesar das mudanças externas e internas, é melhor considerar como maiores destaques as novas tecnologias de segurança e conectividade e a estreia do novo motor 1.3 flex turbo, batizado de T270, de 185 cv, com etanol, e 27,5 kgfm de torque.

A nova Toro é vendida em nove versões, sendo três com o novo motor 1.3 turbo flex, uma 1.8 aspirado e cinco com motor 2.0 turbo diesel. As versões flex 4×2 trazem em comum a transmissão automática de seis marchas (AT6), enquanto ao motor diesel, com tração 4×4, vem acoplada a transmissão automática de nove marchas (AT9), no caso da Ranch avaliada pelo DMAutos.

Fiat Toro 2022: versões e preços

Endurance 1.8 Flex AT6: R$ 127.990
Endurance 1.3 Turbo Flex AT6: R$ 133.990
Endurance 2.0 Turbodiesel AT9 4×4: R$ 168.490
Freedom 1.3 Turbo Flex AT6: R$ 145.190
Freedom 2.0 Turbodiesel AT9 4×4: R$ 179.690
Volcano 1.3 Turbo Flex AT6: R$159.290
Volcano 2.0 Turbodiesel AT9 4×4: R$ 193.790
Ranch2.0 Turbodiesel AT9 4×4: R$ 201.890
Ultra 2.0 Turbodiesel AT9 4×4: R$ 203.890

Plataforma de conectividade Connect Me

A Fiat Toro Ranch recebeu sistema de tecnologia de conectividade Connect Me voltado para a melhor usabilidade do cliente e de fácil manuseio. Trata-se de uma plataforma completa de serviços conectados inédita no mercado brasileiro. A nova versão Ranch passa a oferecer também carregador de smartphone sem fio.

De forma remota e com toda a conveniência, o usuário conta na palma da mão com seu celular, por exemplo, com serviços de manutenção, segurança e emergência, navegação, assistência virtual e entretenimento no veículo com Wi-Fi dedicado.

Tudo isso só foi possível graças à viabilização da parceria com a TIM Brasil. A parceria inclui o fornecimento de eSIM, chip virtual para acesso à internet, habilitando a navegação e a experiência do usuário dentro do veículo, ampliando a experiência de conectividade com conteúdo e qualidade.

A versão Ranch conta ainda com porta USB com duas entradas tipo A/C para receber diferentes tipos de conexões, estando totalmente atualizada com os celulares mais modernos do mercado. Experimentar toda a tecnologia disponível é um caminho gostoso de conhecimento.

Multimídia

O novo sistema multimídia da nova Fiat Toro é um dos equipamentos mais modernos de infoentretenimento do Brasil. Nas versões mais baratas a tela da central multimídia é de 7 polegadas. A partir da versão Freedom a tela é de 8,4 polegadas de série e de 10,1 polegadas de série nas Ranch e na Ultra. Todas são integradas com Android Auto e Apple CarPlay. O equipamento oferece a visualização das informações em tela com três perfis diferentes de visualização.

A nova plataforma de conectividade Fiat Connect Me dispõe de mais de 30 funcionalidades, incluindo acesso por smartphone, smartwatch ou assistente pessoal, como a Alexa; informações do veículo (nível de combustível, por exemplo); travar e destravar as portas; ligar e desligar o motor; acionar luzes e buzina; localização do veículo em tempo real; wi-fi nativo 4G para até oito aparelhos; navegação; chamada de emergência; alertas de condução (alerta de valet, de velocidade máxima, de horário e de perímetro); assistente de recuperação e alerta preventivo de furto.

O motor 2.0 turbodiesel 4×4, de 170 cv e 35,7 kgfm de torque, associado à transmissão de nove velocidades (AT9), que equipa a Toro Ranch, entrega excelente desempenho. A troca de marchas pode ser feita também por aletas atrás do volante.

O consumo registrado na cidade foi de 9,6 km/l e 12,8 km/l na estrada. O motor tem força e baixo ruído que proporcionam segurança e conforto. A suspensão tem acerto que remete à de um SUV para o uso fora de estrada, sem os tradicionais pulos que incomodam os passageiros do banco traseiro nas picapes médias.

Tecnologias

No caso da Fiat Toro 2022, a versão Ranch ganhou também itens de tecnologia que a colocam em outro patamar, comparada, inclusive, com veículos de maior porte no segmento.

Um deles é o Sistema Avançado de Assistência ao Condutor (ADAS) com frenagem autônoma de emergência, aviso de mudança de faixa e comutação automática dos faróis, equipamento de auxílio ao motorista que oferece mais conforto na condução.

Na lista há ainda faróis Full LED, sistema de iluminação frontal 100% em LED, que melhora em 30% a performance dos faróis, e Cluster Full Digital 7’’. O painel de instrumentos 100% digital com tela da Ranch – é de série em todas as versões – proporciona uma melhor visualização das informações com imagens e mensagens completas.

A plataforma de construção da Toro é a global Small Wide, a mesma do modelo anterior, com capacidade de carga de até 1 tonelada. O conjunto de suspensão McPherson na dianteira e Multilink na traseira também foi mantido. Contudo, os amortecedores e molas são novos. Uma das principais novidades fica com o diâmetro de giro, que melhorou 5%, segundo a Fiat.

A nova Toro Ult também oferece o sistema E-Locker com TC+, que possui função similar ao sistema Locker, porém, realizado de forma eletrônica pelo controle de estabilidade (ESC). Desta forma, se uma das rodas perder a aderência, o ESC irá frear a roda que está deslizando e, assim, transferir o torque para a outra roda. Ele será equipamento de série nas versões 4×2.

Equipamentos: Fiat Toro Ranch 2.0 turbodiesel

A versão Ranch avaliada conta com central multimídia vertical de 10,1 polegadas, frenagem automática de emergência, farol alto automático, assistente de saída de faixa, bancos de couro marrom com bordados, painel com acabamentos em marrom, tapetes de carpete bordados, santo-antônio e estribo cromados, para-barro e barra de proteção para o vidro traseiro.

E mais: sensores de estacionamento frontais e traseiros, carregador sem fio para smartphones, Fiat Connect Me, sete airbags, pneus ATR, banco do motorista com ajustes elétricos, chave presencial com partida do motor por botão e remota pela chave, rodas de liga leve aro 18, sensor de chuva, faróis automáticos, retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos com rebatimento elétrico, iluminação ambiente na cabine e maçanetas e moldura das portas cromadas.

Outros equipamentos disponíveis na versão: faróis full LED, aletas para troca de marcha, volante revestido de couro, câmera de ré, apoio de braço frontal, barras longitudinais no teto, capota marítima, retrovisores elétricos com repetidor lateral e função “tilt down”, luz diurna em LED, ar-condicionado digital, alarme, direção elétrica, vidros e travas elétricos, iluminação na caçamba, piloto automático, controle de estabilidade e assistente de partida em rampas.

Comentários