DM Autos

Tiggo 3x turbo ganha opção do teto preto na versão PRO

Com a nova configuração, o SUV compacto parte de R$ 112.000 na cor branco sólido.

diario da manha

O Caoa Chery Tiggo 3x turbo passa a ser comercializado com a opção de teto preto na versão PRO. A novidade pode ser combinada com o branco perolizado ou sólido, além dos tons metálicos prata, cinza e vermelho.

A nova configuração já está disponível na rede de concessionárias por R$ 112.490,00 (branco sólido), R$ 113.790,00 (prata, cinza e vermelho) e R$ 113.990,00 (branco perolizado).

Com a novidade, o SUV Tiggo 3x, fabricado em Jacareí (SP), passa a contar com uma opção de design ainda mais arrojada. O visual moderno do modelo é fruto do trabalho da equipe da Diretoria de Design da Chery, garantindo ao Tiggo 3x Turbo uma identidade global e contemporânea.

Destaques

A versão PRO, que contempla a opção de teto preto, tem como destaque a grade frontal com desenhos tipo “Diamond”.

A personalidade forte da dianteira do veículo é composta ainda por luzes DRL superiores e faróis e luzes repetidoras no para-choque. Internamente, conta com toques de requinte graças aos detalhes cromados em black piano e na cor prata.

Trazendo uma nova proposta de dirigibilidade e tecnologia para o segmento de utilitários esportivos compactos, o Tiggo 3x Turbo conta com uma extensa lista de itens de série.

A lista contempla equipamentos pouco comuns ao segmento e normalmente presentes apenas em veículos premium, como assistente de descida (HDC), chave presencial por aproximação, comando de climatização à distância (CCD) e controle de estabilidade de última geração.

Motor turbo

O Tiggo 3x Turbo traz também um conjunto de powertrain inédito no portfólio da Caoa Chery, composto por motor 1.0 Turbo Flex e câmbio CVT de 9 velocidades simuladas que proporcionam ao veículo uma direção agradável, confortável e ágil, devido ao ótimo torque.

Esse conjunto equilibrado também recebeu um novo sistema de isolamento acústico que resulta em um veículo com baixo nível de ruído e menores níveis de vibração.

Comentários