DM Autos

Ford Maverick Lariat FX4 já é vendida no Brasil por R$ 239.990

Testamos a picape de apelo off-road e com condução e conforto de um SUV.

diario da manha

A picape Maverick, prometida pela Ford no ano passado para o mercado brasileiro, começa a ser comercializada, com preço de R$ 239.990. Antes mesmo do início das vendas da aguardada novidade, tivemos a oportunidade de dirigir a versão Lariat FX4 que a Ford está trazendo para o País.

Durante cinco dias andamos numa picape tendo a impressão de estar a bordo de um sedã.

Segue na leitura do texto que você vai saber mais sobre a Maverick Lariat FX4. A nova picape que a Ford está disponibilizando no Brasil chamou a atenção nas ruas de Goiânia.

A novidade provocou olhares por onde passou e teve até quem não se conteve em perguntar sobre a novidade. O visual atraente da Maverick não foi poupado de elogios, assim como o interior voltado para o off-road.

Pacote FX4

A versão, desenvolvida exclusivamente para o Brasil com o pacote FX4, tem características que reúnem esportividade e um forte apelo off-road.

Trata-se de uma picape urbana com uma proposta que vai de encontro aos anseios de consumidores que buscam conforto, praticidade, desempenho, força, esportividade e possibilidade de aventura em um só veículo.

A Maverick, produzida no México e que tem uma leve aparência no visual com “bruta” F-150, é apontada como rival da Fiat Toro no mercado brasileiro.

Na apresentação do modelo para a imprensa especializada, porém, a Ford descartou essa concorrência. A marca aponta a versão Lariat FX4 da Maverick como um produto que chega para ocupar um novo segmento.

Nosso primeiro contato com a Maverick Lariat FX4, a picape revelou-se cheia de estilo e com agradável condução. Imagina agora uma picape com a dirigibilidade e o conforto de um sedã? Isso mesmo. A Lariat FX4 surpreende nesse quesito.

Condução

Não deu para não sentir prazer conduzindo o modelo no trânsito urbano, onde rodamos a maior parte do tempo. A dirigibilidade e o conforto estão muito próximos de um utilitário e o desempenho de um esportivo.

O pouco de chão que enfrentamos com a Maverick Lariat FX4, o modelo mostrou sua pegada off-road sem medo de obstáculos. Não foi exigido dela o seu grau máximo de força e capacidade.

A Maverick, que herdou o nome de um consagrado cupê produzido pela Ford nos anos 70, foi anunciada no ano passado e agora desembarca no mercado chamando a atenção.

Olhando a Maverick de perfil é nítida a visão que se tem da roda traseira mais afastada e da proposta mais baixa que a picape tem em relação ao solo. Por onde passou, a picape despertou olhares e curiosidades.

O entre-eixos mais longo da Ford Maverick mede 5.076 mm. Esse detalhe, além de favorecer numa direção mais confortável, garante mais espaço interno.

Quem senta no banco traseiro não sofre com falta de espaço para as pernas e nem com solavancos provocados pelas imperfeições do asfalto na cidade e nem mesmo com os buracos e ondulações das estradas de terra.

Suspenção

O resultado disso é a atuação eficiente da bem calibrada suspensão. Na dianteira é independente, McPherson com molas helicoidais e barra estabilizadora. Na traseira, independente, Multilink com molas helicoidais e barra estabilizadora. As rodas de 17” calçam pneus 225/65 R17 ALL Terrain.

Toda essa harmonia é complementada pelas ótimas dimensões da picape que  tem 5.073 mm de comprimento, 2.134 mm de largura e 1.733 mm de altura.

O vão livre do solo é de 218 mm. Caso precise transpor áreas alagadas, a capacidade de imersão é de 450 mm e a de reboque é de 499 quilos. Com seus 943 litros ou 617 quilos, a capacidade da caçamba é generosa. O peso bruto total é de 2.361 quilos.

Motor

O motor que está sob o capô da nova picape Maverick é o 2.0 Turbo EcoBoost GTDI, a gasolina, que rende 253 cv de potência e estrondosos 38,7 kgfm de torque. Esse motor é associado à transmissão automática de oito velocidades e tração integral.

A Maverick faz de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos e sua velocidade máxima é de 175 km/h.De acordo com informações da Ford, o consumo é 8,8 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada. O tanque tem capacidade de 67 litros.

É o mesmo conjunto utilizado no SUV Bronco, sucesso de vendas nos Estados Unidos, que a Ford começou a vender no ano passado no Brasil no ano passado.

O conjunto propulsor tem potência de modelos com características esportivas e força para o uso em ambientes onde só os mais fortes conseguem transpor os obstáculos.

A aceleração do motor 2.0 da Maverick exige bastante cuidado. Afinal, o motor é muito rápido e é preciso uma boa ambientação com a aceleração. Destaque para a acústica da cabine onde ruídos praticamente não chegam.

Tecnologia

A central multimídia da Maverick traz o sistema Sync com tela touch-screen de 8 polegadas compatível com Android Auto e Apple CarPlay, comandos de áudio e voz no volante, Bluetooth, rádio AM/FM, seis alto-falantes e quatro entradas USB tipo A e tipo C (2 dianteiras e 2 traseiras). O painel de instrumentos tem tela colorida de 6,5 polegadas.

Em termos de conectividade é equipada com o FordPass Conect, que oferece o status remoto do veículo pelo celular (nível do combustível, odômetro), travamento e destravamento remoto, partida remota com acionamento do ar-condicionado, partida remota agendada, sistema de localização do veículo, alerta de acionamento do alarme e alertas de funcionamento do veículo.

Segurança

Entre os itens de segurança, estão sete airbags, assistente de pré-colisão com frenagem de emergência e detecção de pedestres e ciclistas, controle eletrônico de estabilidade e tração, farol alto automático, câmera de ré, controle automático de descidas, assistente de partida em rampa e assistente de frenagem pós-colisão.

Traz ainda controle monitoramento de pressão dos pneus, alarme perimétrico com imobilizador, cintos de segurança de três pontos com ajuste de altura e pré-tensionadores na frente, ganchos Isofix; 3 alças de segurança dianteira e traseiras e protetor inferior de metal.

Ford Maverick: Equipamentos

Na parte externa, a Maverick traz faróis de LED com acendimento e luz alta automáticos e luz de condução diurna, adesivos esportivos FX4, travas elétricas das portas e da caçamba, retrovisores elétricos com repetidor de seta, pré-instalação de engate para reboque com conector de quatro pinos e chicote, caçamba com protetor, dois compartimentos de carga acima das rodas nas laterais, ganchos de fixação e abridor de garrafas.

No interior, a picape tem uma extensa lista de equipamentos: ar-condicionado automático digital de duas zonas, chave com sensor de presença, acesso inteligente e partida sem chave (FordPower), abertura das portas por código sem chave (Keypad), volante revestido em couro com ajuste de altura e profundidade bancos com revestimento premium ActiveX, bolsos, porta-revistas, ajuste elétrico de 8 posições (incluindo lombar) para o motorista e ajuste manual de 6 posições para o passageiro,  bagageiro sob o banco traseiro, câmera de ré, vidros elétricos com abertura e fechamento a um toque, vidro elétrico da caçamba; seletor de marchas rotativo (E-Shifter), para-brisa acústico, console central com porta-objetos e descansa-braço e tomada de 12 V na traseira.

Acessórios

Caso você queira incrementar ou personalizar a picape, a Ford oferece 18 acessórios: capota rígida elétrica, capota rígida manual e capota marítima; Santantônio, sensor de estacionamento, ponteira de engate, chicote elétrico do engate, assistente de descida da tampa da caçamba e suporte para bicicleta.

Outros destaques são o extensor/divisor de caçamba, caixas organizadora, estribos, alargador de paralama, entrada de ar do capô e aerofólios da cabine e da porta traseira.

Comentários