Economia

Programa Lavoura Comunitária: SED divulga edital

Da assessoria

diario da manha

 

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED) divulga edital do Programa Lavoura Comunitária – Safra 2015/2016. O programa é voltado para entidades públicas ou privadas, sem fins lucrativos, como associações, cooperativas, sindicatos e prefeituras, entre outros, que possuem áreas para plantio e pretendem investir em lavouras. Um dos principais objetivos é a redução da insegurança alimentar em áreas rurais e semiurbanas. As inscrições seguem até o dia 24 de julho nas unidades da Emater.

Para o vice-governador e secretário de Desenvolvimento, José Eliton, o perfil social do Lavoura Comunitária, além de dar condições de trabalho e de sustento aos pequenos produtores, também beneficia diretamente a comunidade carente que encontra amparo em entidades conveniadas. “Esse é um exemplo do esforço do governo em buscar desenvolvimento e trazer resultados efetivos para a população”, afirma.

As entidades aprovadas recebem do governo estadual fertilizantes e sementes para o plantio. Não há repasse de recursos financeiros. Durante o processo de plantio e colheita, os produtores também têm amparo técnico via Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater).

Após a colheita, 4% da produção são destinados às ações sociais realizadas pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), sendo esta a contrapartida das entidades participantes. A outra parte, 96% da produção, é dividida entre os produtores.

O Programa Lavoura Comunitária foi criado em 1999 durante o primeiro governo de Marconi Perillo e já beneficiou mais de 500 mil famílias. Em março deste ano o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton, fez o repasse à OVG de 600 toneladas de arroz e milho. O alimento beneficiou 445 entidades conveniadas em todo o Estado.

Comentários

Mais de Economia