Economia

Relatório da Moodys menciona incertezas políticas no Brasil

O fraco desempenho da economia do Brasil vai continuar a influir sobre os resultados das empresas brasileiras, pelo menos até meados de 2016. Tal cenário coincidirá com incertezas políticas, inflação e deterioração da confiança de investidores. Essa é a avaliação da agência de classificação de risco, Moodys, em relatório, divulgado hoje (16).

A agência espera que o Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, tenha queda de 1,8, em 2015, e crescimento de 1% em 2016.

Para a Moodys, a investigação da Operação Lava Jato levou os investidores a ficarem mais cautelosos em relação a empresas não financeiras do Brasil, limitando o acesso das companhias aos mercados globais.

A agência também considera que a confiança do consumidor e o poder de compra deteriorou-se em ambiente de aumento das dívidas das famílias, de alta de juros, da inflação e do desemprego.

 

Comentários

Mais de Economia