Economia

Variação dos preços de presentes para o Dia dos Namorados chega a 235%, segundo pesquisa

diario da manha

Nesta quarta-feira (12/06) é comemorado no Brasil o Dias dos Namorados, e para encontrar o melhor presente para companheiro (a), o Procon Goiás divulgou nesta segunda (10/06) uma pesquisa de preços de sugestões de compras de presentes para está data. O levantamento apontou a maior variação, de 235% , no preço do barbeador elétrico GSH 860 encontrado de R$ 199 a R$ 399 de um estabelecimento para outro.

Segundo o órgão, a pesquisa foi realizada em 24 estabelecimentos de Goiânia, sendo perfumarias, floriculturas e lojas de eletroeletrônicos, entre os dias 31 de maio e 7 de junho. Ao todo, foram verificados os preços de 61 produtos, como perfumes importados (masculino e feminino), flores, cestas de café da manhã e eletroeletrônicos. Vale ressaltar que os técnicos do Procon Goiás realizam a comparação dos valores em produtos idênticos, ou seja, da mesma marca e modelo.

O Procon orienta ainda que vale a pensa pesquisar, porque as flores apresentam a margem de diferença de 37,5%, como é o caso do buquê de flores nacionais – de R$ 80 a R$ 110 – a 150% no preço do vaso de gérberas, cujo valor varia de R$18 a R$45.

Se os consumidores pesquisarem, poderão economizar até 33% em relação aos perfumes, segundo o órgão. É o caso da fragrância masculina Calvin Klein – 100 ml, cujo menor preço encontrado foi de R$ 269,90 e o maior, R$361. A menor diferença do levantamento em geral (0,23%) ficou para três perfumes femininos. O perfume feminino Lady Million de 50 ml da marca Paco Rabane é um deles (R$ 399 para R$ 399,90).

Também houve produtos cujos preços ficaram estáveis como o secador de cabelo profissional da marca Gama – R$ 139,90. No entanto, na comparação do preço médio de 2018 para 2019, o salto foi de 133,21%. Já a redução mais acentuada (-42%) foi em relação à prancha com base de cerâmica da marca Gama que em 2018 estava à venda pelo preço médio de R$ 209,60 que , atualmente, caiu para R$ 121,56.

O Procon orienta que antes da compra do produto, o consumidor deve perguntar se loja trabalha com política de troca, já que não é obrigatório. O órgão ressalta ainda que diante da variação é necessário que o consumidor faça uma pesquisa detalhada antes de escolher o presente. Para mais detalhes sobre os preços, confira aqui a pesquisa completa do Procon.

Comentários

Mais de Economia