Economia

Reajuste no preço da gasolina deixa o combustível 2,5% mais caro

Em relação ao repasse do reajuste aos consumidores finais, fica a critério das distribuidoras e postos.

diario da manha
Foto/Reprodução

Nesta sexta-feira (27/9) a Petrobras praticou um reajuste nos preços da gasolina em suas refinarias deixando o combustível 2,5% mais caro, segundo informações do site da estatal.

Na quinta-feira (20/9) da semana passada a estatal havia realizado um outro reajuste onde aumentou cerca de 3,5% o preço da gasolina. Na ocasião, elevou o valor do diesel em 4,2%. Nesta semana, a Petrobras não alterou o valor do diesel. Com a elevação desta sexta, a gasolina acumula alta de cerca de 6,1% nas distribuidoras desde a semana passada. Em relação ao repasse do reajuste aos consumidores finais, fica a critério das distribuidoras e postos.

Vale lembrar que no último dia 16 de setembro, a Petrobras divulgou nota sobre o bombardeio de refinarias na Arábia Saudita, responsável pela produção de 5% do petróleo mundial, o que gerou uma imediata elevação dos preços dos combustíveis no mundo. A estatal informou, na ocasião, que continuaria monitorando os preços do petróleo e não faria um ajuste de forma imediata.

Reajuste dos preços nas bombas

De acordo com informações da a última pesquisa divulgada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio da gasolina nos postos no país na semana passada ficou em R$ 4,31, alta de 0,16% frente à semana anterior. Já o preço do diesel subiu 0,56% na última semana, para R$ 3,582.

tags:

Comentários

Mais de Economia