Economia

Oi vende rede móvel para consórcio formado por Tim, Vivo e Claro por R$ 16,5 bilhões

Com a venda, a Oi desaparecerá do mercado de telefonia móvel brasileiro

diario da manha
Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (14), os ativos da rede móvel da operadora Oi foram arrematados durante um leilão realizado pela 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, pelo consórcio formado pelas empresas Tim, Vivo e Claro. A venda da rede móvel para o consórcio custou R$ 16,5 bilhões.

O leilão faz parte de um plano de recuperação judicial da companhia que iniciou em 2018. Com a venda, a Oi desaparecerá do mercado de telefonia móvel do país.

No entanto, a companhia ainda detém os ativos de infraestrutura e fibra, que também deverão ser parcialmente vendidos de acordo com informações do portal G1, pelo preço mínimo de R$ 6,5 bilhões.

Com a saída da Oi do mercado, as telefonias Tim, Vivo e Claro aumentam sua participação no cenário de telefonia móvel do Brasil. Para Tim, a participação sobe de 23% para 32%, para Vivo de 33% para 37% e para a Claro de 26% para 29%. Pequenas operadoras regionais dividem os outros 2%.

Anteriormente, houve outro leilão de ativos da Oi para quitação de dívidas. Na ocasião, foram vendidas as torres de telefonia e data centers da companhia pelo montante aproximado de R$ 1,4 bilhão.

Comentários