Economia

Franquias goianas conquistam mercado nacional

O mercado de franquias em Goiás faturou R$ 1,1 bilhão no terceiro trimestre de 2020

diario da manha

O mercado de franquias faturou no ano passado R$ 167.187 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Apenas no quarto trimestre foram R$ 53.976 bilhões.

A sede da maior parte das franquias é a região Sudeste, com 83%. O Centro-Oeste é a casa de apenas 3%. Em Goiás este mercado faturou em 2020 R$ 4,285 bilhões, abaixo 3,4% em relação a 2019, mas esperado devido a pandemia. Em destaque foi setor de alimentação.

A pandemia afetou o setor, como todos os outros da economia. Mas os dados da ABF mostram que o franchising está em recuperação, quando comparado com o 2º e 3º trimestres de 2020, com um crescimento de 28% em relação ao terceiro trimestre, com a movimentação de R$ 53.976 bilhões. A pesquisa da Associação revela que o setor manteve a curva de recuperação no quarto trimestre de 2020, se aproximando dos níveis antes da pandemia.

Para o presidente da ABF, André Friedheim, o ano passado foi um dos mais desafiadores para todos os setores da economia brasileira e não foi diferente com o setor de franquias. “Analisando o comportamento do setor ao longo do ano, vejo que o resultado poderia ter sido pior, mas as virtudes do franchising amenizaram a queda”, pontua.

Fora do eixo

Mesmo fora da principal localização das sedes, Goiás possui algumas franquias que estão ganhando espaço no cenário nacional e até mesmo internacional. Caso da Mais Power Performance – Reprogramação Eletrônica, que atua desde o ano de 2014. Com sete anos de mercado, a empresa que nasceu no interior goiano, no município de Acreúna, já conta com mais de 107 franqueados, com representações fora do território brasileiro. Ela também está presente na Argentina, Paraguai, Uruguai e Portugal. A primeira franquia foi em Uberaba (MG). Segundo a ABF, o setor de serviços automotivos teve a participação de 4,5% nas receitas geradas no setor.

Para o empreendedor e fundador da franquia goiana, Fernando Augusto de Morais, o Fernando Mais Power, investir em franchise representa uma oportunidade de realização profissional, sucesso e independência financeira.

Para ser um fraqueado basta ter noção de básica no ramo automotivo, preferencialmente já atuante no setor, e verificar se já não existe um outro franqueado na região que deseja atuar. O investimento inicial é de aproximadamente R$ 29,9 mil, que varia de acordo com a linha de veículos selecionada. “O retorno da aquisição varia de acordo com a área de atuação e a produção do representante. Porém, estima-se que o investimento inicial para negócios menores seja entre seis meses a um ano ”, pontua.

Dinei Nunes, de 38 anos, é um dos primeiros franqueados da Mais Power. Ele atua no interior paulista, na região de Araçatuba e Andradina. Diferentemente de outros franqueados, Dinei optou por fazer um atendimento remoto, isso é, ele vai até o cliente. “Quando comecei não tinha condições de ter uma loja física.”

“Iniciei do zero na área de reprogramação eletrônica, não conhecia o assunto e me dediquei. O suporte foi fundamental para meu aprendizado e crescimento”, conta. Nunes revela que em um ano pagou o investimento realizado e ainda conseguiu se manter, nesse período, apenas com o trabalho desenvolvido. Hoje, ele roda a região do interior paulista e se desenvolveu profissionalmente e pessoalmente devido à franquia.

Leia também:

Comentários