Economia

Monee vai fazer crédito consignado para empregados de empresas privadas

O valor mensal do consignado não ultrapassa 30% do salário líquido do colaborador, o que ajuda no controle financeiro.

diario da manha

Com atuação em Goiânia, Anápolis, São Paulo, Brasília, Ribeirão Preto, Ceará e Rio de Janeiro, fintech 100% brasileira oferece crédito barato, com agilidade e atendimento personalizado

A busca por crédito tem aumentado a cada dia no Brasil, principalmente em meio à crise em decorrência da pandemia do novo coronavírus. No entanto, taxas de juros altas e a dificuldade no acesso ao crédito são empecilhos que têm tirado o sono de grande parte das famílias brasileiras, que buscam maneiras de reorganizar as finanças.

Estudos mostram que o percentual de famílias com dívidas no Brasil bateu recorde histórico no ano passado, chegando ao patamar de 67,1%, em junho. Dos endividados, mais de 90% são provenientes de cartão de crédito, crédito pessoal e cheque especial, modalidades com as maiores taxas de juros do mercado.

Para mudar essa realidade, a Monee — uma fintech 100% brasileira — foi criada para viabilizar o acesso dos colaboradores de empresas privadas ao crédito. A startup vem revolucionando o mercado financeiro ao oferecer vantagens como agilidade, segurança e taxas a partir de 1,50% ao mês, ou seja, muito mais baixas que as do empréstimo pessoal, cheque especial e cartão de crédito.

O valor mensal do consignado não ultrapassa 30% do salário líquido do colaborador, o que ajuda no controle financeiro. As parcelas são descontadas automaticamente, o que permite também com que negativados tenham acesso com facilidade ao crédito. E as condições do crédito são mantidas mesmo após desligamento.

A Monee foi idealizada por profissionais que trabalham há mais de 15 anos na economia real e no mercado financeiro. Ela conta com uma plataforma online e atendimento ágil, simples e humanizado para garantir soluções financeiras com simplicidade e transparência, facilitando a vida dos colaboradores e a rotina do RH.

Para as empresas, o custo e risco é zero, já os ganhos em aumento da qualidade de vida do colaborador traduzem-se em um ambiente de trabalho mais saudável e um profissional mais feliz e focado em suas atividades profissionais.

Como funciona

A Monee e o RH da empresa se unem para que o colaborador possa ter acesso ao empréstimo com a melhor taxa do mercado. Em seguida, é só fazer o pedido do crédito na plataforma online. Após 24 horas da liberação do empréstimo, o dinheiro estará na conta. É possível ainda realizar portabilidade, substituindo dívidas mais caras por taxas menores.

Os sócios Lívia Costa, administradora de Empresas pelo Insper, e Pedro Paulo Tavares Costa, administrador de Empresas pela FGVSP, contam que a ideia para o negócio nasceu a partir da experiência de ambos no mercado financeiro. “Além das mudanças recentes feitas pelo Banco Central em prol do aumento da concorrência no segmento bancário”, aponta a CEO Lívia Costa.

O CFO Pedro Paulo explica que o diferencial da empresa é proporcionar, por meio de parceria com as empresas, processos descomplicados e sem burocracia. “O empréstimo é feito sem exigência de contrapartida ou compra de outros produtos da nossa fintech. Além disso, o processo é totalmente online e com tecnologia de ponta, o que nos garante uma maior segurança em nossas transações.”

Instagram: monee_br
Facebook: Monee
Linkedin: https://www.linkedin.com/company/monee
Site: www.monee.com.br
Contato: (62) 4103-1248 e (62) 99247-4584 (24h, 7 dias por semana)

Comentários