Entretenimento

Preciosidades acessíveis

diario da manha
Quadro de Wes Gama faz parte da mostra “90 a 99”

Como as cores da cultura des­pertam emoções naqueles que possuem oportunidade de conhecê-las, têm surgido algu­mas iniciativas – também influen­ciadas pela crise – com intuito de dar acesso à arte e à cultura. Uma delas acontece de hoje ao próximo sába­do (21) na Galeria Potrich. Trata-se do Garimpo – Mercado Informal de Preciosidades, que une as artes plásticas, design, moda e entrete­nimento cultural em uma espécie de galeria/outlet/escambo/ boteco.

O intuito deste projeto, que é encabeçado pelas irmãs Ludmila e Tatiana Potrich – administrado­ras da Potrich Galeria – e a fashio­nista Lorenna Pontes, é de estimu­lar o mercado cultural trazendo obras de arte e até joias com pre­ços mais acessíveis. E este concei­to, de acordo com Ludmila, até já foi desenvolvido por elas, só que não trazia o mesmo nome.

“Quando éramos mais novas a gente sentia falta de reunir pro­dutores e pessoas que pensam como a gente e têm ideias. Uma coisa bem cooperada entre ami­gos, que integrasse várias coisas. E nesta edição isso prevalece, que­remos dar um toque afetivo em tudo. Tem muita coisa feita à mão, preços interessantes, porque sa­bemos que o momento é de fa­zer propostas de valores convi­dativos”, conta Ludmila.

No evento, Tatiana Potrich vai lançar o catálogo Virtual “Simples Suspiro”(CRÉDITOS: LIAN TAI E RAFAEL MOLICA)

ARTE EM LIQUIDAÇÃO

O evento começa com uma pro­posta que explica bem o intuito do Garimpo. Pois, às 15 horas aconte­ce o vernissage da exposição “90 a 199”. Nela, os presentes terão aces­so a obras de artistas premiados com o valor entre R$ 99,00 e R$ 199,00. A compilação traz obras de nomes como o paulista já fale­cido Wesley Duke Lee (integrante da geração 80), os goianos Pitágo­ras, Marcelo Solá, Rodrigo Flávio, a arte em nanquim do grafiteiro Wés Gama, a arte gráfica de Sérgio Pen­na, a veterana Selma Parreira, San­dro Gomide, entre outros.

Com a maioria de seus trabalhos em pequenos tamanhos, a mostra “90 a 199” trata-se de uma compi­lação de obras de qualidade oriun­das de antigas exposições anterio­res de artistas parceiros da Potrich. “Não fizemos convite diretamen­te aos artistas. O único artista que estava mais presente no nosso dia a dia e se prontificou de criar algo novo foi o fotógrafo Rogério Mes­quita. Ele disponibilizou 20 ima­gens de 20X30, bem executadas e impressas. E fizemos um mosaico só com fotos dele”, detalha Ludmila, ressaltando que telas de grandes ar­tistas da exposição estão realmen­te baratas. “R$ 200 não paga nem a moldura do quadro”, revela.

Essa ideia da “90 a 199”, que já foi executada na galeria na década de 90 com grande sucesso, e nesta edição, o intuito é o mesmo: as or­ganizadoras do evento pretendem possibilitar aos presentes a sensa­ção de fazer uma escolha. “Você pode olhar para a parede e levar a obra que gostou mais. Não vai ser o preço que vai te te limitar. Mas, além desta mostra, estarão disponíveis obras com valores mais altos, que terão valor mais acessível duran­te Garimpo, mas depois do evento voltará seu preço original”, salienta.

O dia de hoje promete ainda o lançamento do catálogo virtual das joias artesanais, “Simples Suspi­ro”, de Tatiana Potrich. As joias têm como inspiração principal a natu­reza brasileira com a beleza de Lian Tai, em homenagem ao Dia do Ín­dio (que, aliás, é celebrado hoje).

“As últimas peças da Tatiana têm uma ligação com tudo que é orgâ­nico, com a capoeira e com o ín­dio. Ela coloca sempre muito senti­mento nas peças, por isso o suspiro. Toda vez que fica pronta soltamos um suspiro para suas criações lin­das. E desde pequena o doce suspi­ro mais gostoso que comi é dela. Ela une a sua candura, esse lado mei­go e sensível, na culinária e na joa­lheria”, elogia Ludmila, completan­do que no lançamento do catálogo haverá degustação de comidas sau­dáveis e de suspiro, claro.

ARTE DESDE CEDO

Desenho em nanquim de Wes Gama, que será sorteado durante a mostra

Outro destaque da programação do “Garimpo” está no espaço em que é dado às crianças. Além de se­rem muito bem-vindas nas ativida­des de Garimpo, os pequenos tam­bém terão direito a criar, em uma atividade que acontece amanhã, a partir das 15 horas Nesta programa­ção, as crianças terão a liberdade de desenhar e se expressar e irão ainda ganhar uma mostra especial no dia do encerramento do Garimpo. “Te­remos uma mesa, com vários mate­riais, para que as crianças possam produzir baseadas em tudo que vi­ram no Garimpo”, diz Ludmila.

As crianças, segundo Ludmi­la, atualmente são focos das ga­leristas, e nas próximas edições de Garimpo (que deve acontecer semestralmente) um dos objeti­vos das idealizadoras é trazer pro­jetos mais interessantes e consis­tentes voltados à educação e à arte.

“Temos pequenos dentro de casa e vemos o quanto é saudável para qualquer indivíduo o conta­to com a arte. Não perco as espe­ranças e sei que não vou desistir por causa das crianças. Aqui den­tro elas sempre vão ser ressaltadas com reverência. São pequenos reis mesmo”, afirma a galerista.

Durante o Garimpo, as crianças poderão criar e, no final do evento,suas produções participarão de mostras

PROGRAMAÇÃO

HOJE

15h – Vernissage Mostra “99 a 199 – Colecionáveis” Stand Potrich

Atividade criativa para crianças

17h – Lançamento catálogo Vir tual “Simples Suspiro” Stand Tatiana Potrich

Degustação de suspiro

Degustação comidinhas saudáveis

AMANHÃ

Das 15h às 20h

Atividade criativa para crianças

Amostras grátis de ração balanceada – seu pet é bem-vindo

Discotecagem François Calil

SÁBADO (21)

10h – Café da manhã Treino Fitness

Seu pet é bem-vindo

SORTEIOS

15h – Encerramento com a “Mostra Kids” dos trabalhos criativos das crianças

 

SERVIÇO

Garimpo – Mercado Informal de Preciosidades

Quando: De hoje a domingo

Onde: Potrich Galeria (Rua 52 nº 689. Jd. Goiás)

 

tags:

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio