Entretenimento

Documentário e ficção goianos são lançados no Cine Cultura, em Goiânia

diario da manha
ARTE: GABRIL GODINHO

Os curta-metragens goia­nos Dôniara e A Viagem de Ícaro serão lançados nesta quinta-feira (28) no Cine Cultura, que fica na Praça Cívica, em Goiâ­nia. Com estilos e narrativas dife­rentes, os filmes se aproximam na temática, pois tratam do meio am­biente e a relação do ser humano com a natureza. Dôniara conta a história da personagem homôni­ma que, após enfrentar crises de ra­cionamento, está preocupada com o fim da água no mundo. A Viagem de Ícaro, por sua vez, mostra a rea­lidade de Bazuca, um catador de materiais recicláveis que tinha o sonho de voar. A entrada é franca e a sessão tem início às 19h.

A exibição de hoje será a estreia de Dôniara, trabalho conjunto de­senvolvido pelas produtoras As­tronauta Pirata e Pira Filmes, com direção de Kaco Olímpio. A perso­nagem é interpretada pela arte edu­cadora Doroty Marques, que de­senvolve um trabalho de educação ambiental e artística muito relevan­te para a população da Chapada dos Veadeiros. Além disso, o filme con­ta com participação da Turma que Faz, grupo de jovens artistas da re­gião, criado e liderado por Doroty.

O cerne de Dôniara é a rela­ção da personagem com a água, por isso, o filme foi gravado parte nas cachoeiras da Chapada, par­te em Goiânia. A ficção ainda traz um ar de fantasia, com a marcan­te caracterização dos chamados Elementais. O trabalho minucio­so de pesquisa levou à utilização de objetos e texturas presentes nos ambientes de filmagem, que remetem ao cerrado, à seca e ao movimento da água. Mas, ao mes­mo tempo, traz uma atmosfera de mistério, com cores terrosas e uma estética que pode despertar o medo dos Elementais.

A Viagem de Ícaro teve sua pri­meira exibição no 20º Festival In­ternacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica 2018), que ocor­reu na cidade de Goiás em junho deste ano. E o sucesso já foi cer­teiro no primeiro festival do fil­me, se destacando como um dos grandes premiados. Na Mostra Competitiva recebeu o prêmio de 2º Melhor Filme Goiano. O filme também fez parte e foi premiado na 16ª Mostra ABD Cine Goiás, organizada pela Associação Bra­sileira de Documentaristas e Cur­ta-metragistas (ABD Goiás), que ocorre durante o Fica: prêmio de melhor ator para Washigton da Conceição, o Bazuka; e Melhor Montagem para Luciano Evan­gelista.

O documentário é uma pro­dução da Astronauta Pirata e tem direção de Kaco Olimpio e Laris­sa Fernandes. Bazuka é real, ele é um morador de Rio Claro, no in­terior de São Paulo. Além disso, é um aficionado por aviação e, por isso, já é conhecido pelos fre­quentadores e trabalhadores dos aeroclubes da região. Para con­cretizar o seu sonho de voar, ele constrói suas próprias asas uti­lizando os materiais recicláveis com os quais já trabalha.

O Cine Cultura é um cinema que fica no centro de Goiânia, dentro da Praça Cívica, no Centro Cultural Marieta Telles. A sala existe desde 1989 e traz uma programação que foge das produções estritamente comerciais e dos blockbusters . É uma alternativa viável e prazero­sa com filmes que geralmente não estão nas grandes e barulhentas sa­las de cinema dos shopping centers. A exibição dos curta-metragens no dia 28 será gratuita, mas o cinema traz preços acessíveis, com entradas a R$ 4 a meia e R$ 8 a inteira.

FOTOS: LUCIANO EVANGELISTA

SERVIÇO

Lançamentos dos filmes goianos Dôniara e A Via­gem de Ícaro

Data: Quinta-feira, 28/06

Horário: 19h

Local: Cine Cultura, na Pra­ça Cívica, em Goiânia

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio