Entretenimento

Chef Matheus apresenta escondidinho do Cerrado no Festival Gastronômico de Pirenópolis

diario da manha

A cidade de Pirenópolis, dis­tante 121 quilômetros de Goiâ­nia, recebe, neste final de semana, a 13ª edição do Festival Gastronô­mico e Cultural. A expectativa da organização é receber milhares de visitantes do tradicional even­to que tem a presença de chefs re­nomados e apresentações cultu­rais. Os moradores e turistas terão à disposição até hoje, 25, variadas opções de alimentação disponí­veis em uma feira no Salão Paro­quial e nos estabelecimentos de alimentação participantes.

O objetivo da iniciativa é va­lorizar a culinária e a cultura re­gional, priorizando nas receitas o uso de ingredientes do Cerrado. A programação inclui feira gas­tronômica, ações culturais, qua­lificações, shows, aulas de culiná­ria para adultos e crianças e ainda cervejas artesanais. O festival de Pirenópolis integra o Circuito Gas­tronômico Goiás.

O Divino Lounge Café, char­moso ponto de encontro em Pi­renópolis, situado no Bairro do Bonfim, participa do festival com o Escondidinho do Cerrado, ela­borado pelo chef da casa, Ma­theus Winnycius. O prato tem como ingredientes principais frango, pequi e baru – uma cas­tanha típica do bioma – e acom­panha ainda uma salada.

A escolha, diz Matheus, foi fei­ta pensando em destacar os ingre­dientes típicos do Cerrado. “O sa­bor que se destaca neste prato é o pequi. A consistência do escondi­dinho é bastante cremosa e finali­zo com a castanha do baru, que é bem crocante. Ainda tem a salada de mix de folhas com cenoura ra­lada, azeitona e tomate cereja fa­tiado”, detalha o chef.

O FESTIVAL

Desde sua primeira edição, em 2003, o festival reuniu re­nomados chefs da alta gastro­nomia, como Alex Atala e Erick Jacquin. Além disso, já recebeu também grandes nomes da mú­sica popular brasileira, como Jorge Aragão e Luiz Melodia.

 

Comentários