diario da manha
Do Mato Grosso do Sul, a chef indígena Letícia Kalymaracaya

A cozinha é um espaço da casa muitas vezes restri­to para as visitas. É onde a alquimia acontece, num proces­so mágico de transformar um ali­mento em uma experiência. No interior, onde tudo é menos defi­nido, a cozinha é a sala de estar, é o local onde a visita chega primei­ro e se senta, esperando paciente­mente a água atravessar o café em direção ao bule. É parte da cultu­ra, da formação de uma pessoa, pois a alimentação também cria energias sentimentais, como por exemplo aquela comidinha que a avó faz ou aquele doce naquela barraca naquela festa de santo na cidade. Mesmo após a digestão, algo mais profundo daquele ali­mento permanece.

Quando se trata de história, o ato de preparar os alimentos é também um indício de como nossa sociedade foi formada. Esse rastro acaba se perdendo com o tempo, pois o cidadão contempo­râneo prefere comprar sua comida pronta, embalada e sem verificar nenhuma procedência. Mas antes da chegada dos portugueses, an­tes da exploração da cultura nativa do Brasil, haviam habitantes que tratavam o alimento de uma forma muito menos danosa, como se co­mer fosse uma oração ou até mes­mo um ato de se conectar com o divino. A alimentação também é parte das nossas raízes.

O Passeio das Águas Shopping recebe nesta sexta e sábado um evento que coloca a alimentação em primeiro plano. É o Projeto Cozinha de Raiz Vivência Goiana, idealizado pelo chef goiano Gilmar Borges, que apresenta a diversida­de cultural alimentar do Estado de Goiás. O encontro contará com sa­rau gastronômico, cozinha show, lançamentos de livros e a presença de vários chefs de renome nacional. A gastronomia de raiz ganhará ên­fase por meio de variadas receitas com o objetivo de incentivar, qua­lificar e movimentar a culinária re­gional, com destaque para a cozi­nha ancestral brasileira.

RAÍZES DA COZINHA

“Vamos apresentar aos parti­cipantes do evento as receitas de tradição com toques de moder­nidade e técnica de cozinha prá­tica, fortalecendo a gastronomia do Estado de Goiás e, ao mesmo tempo, proporcionando momen­tos de aprendizagem e de pura di­versão”, disse Gilmar Borges, chef e idealizador do projeto

O evento tem como propos­ta realizar uma espécie de inter­câmbio entre as diferentes co­zinhas brasileiras ancestrais,a exemplo da culinária baiana, in­dígena, do cerrado, da caatinga, afro e outras variadas culturas alimentares. Nesta edição, parti­cipam mais de 21 chefs de cozi­nha renomados, trazendo o que há de mais novo em técnicas con­temporâneas no que diz respeito à cozinha brasileira.

O projeto teve início quinta-fei­ra, dia 16/08, às 19h, com um Sarau Gastronômico que reuniu várias personalidades da cozinha goiana. O tema para o encontro literário foi “A Diversidade da Cozinha Raiz e suas Tradições”, e contou com apre­sentações de algumas iguarias, re­ceitas centenárias e de família.

CONVIDADOS

Todo mundo tem um prato ou uma receita na cabeça que o acom­panha desde a infância. Aquele dia especial na casa da avó, marcado por um cheiro de algo saindo do forno e chegando à mesa. Essa for­ma de se alimentar é também uma história sobre as pessoas da região. Afinal, aquela receita surgiu de al­guma necessidade específica, nes­te caso a fome, e todo o processo que se pede inclui esses detalhes históricos. A farinha, por exemplo, representa toda uma resistência do povo nativo e até hoje é um dos ali­mentos que mais aparece na mesa da população brasileira.

O evento que acontece hoje e amanhã trás para Goiânia esses gostos espalhados pelo Brasil. A proposta é que todo o país este­ja representado na cozinha, com suas iguarias e receitas tipicamen­tes brasileiras. Inclusive, entre os chefs de renome nacional, estão a chef Rosa Gonçalves, de Salvador­-BA, que vai ministrar uma aula show na sexta-feira sobre “Cozi­nha Raiz e os Territórios de Iden­tidade da Bahia”. Já no sábado, os destaques são os chefs Charles Sil­va, do Rio de Janeiro, que vai apre­sentar o lado sofisticado dos sabo­res do Brasil; e a “mineira-goiana” Letícia Massula, que vai trazer as diversas versões do milho.

Direto do Mato Grosso do Sul, a índia Letícia Kalymaracaya par­ticipa deste projeto, também no sábado, ensinando a respeito dos sabores da ancestralidade. Em seguida, o chef Timóteo Domin­gos, de Canindé-SE, vai trazer uma abordagem culinária inte­ressante sobre “Cactos, o alimen­to do futuro”. Na oportunidade, o sergipano também fará o lança­mento do livro de sua autoria de­nominado “Chef do Sertão”.

Chef Gilmar Borges, organizador e idealizador do evento

CONFIRA ABAIXO A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

 

17 DE AGOSTO – SEXTA-FEIRA

10h30: A Cozinha Raiz seus Encantos e Sabores – Gilmar Borges e Kyka Macedo–Pirenopólis e Goiânia GO

11h30: O Milho Delas! Cada Chef com sua História – Tati Mendes – Goiânia GO

12h30: Almoço Show–Pernambuco visita Goiás! As Cozinhas de Tradição – Intercâmbio entre as Cozinhas do Nordeste e Goiás Cris Souza–Goiânia GO e os Empreendedores de Teresópolis Goiás

14h30: Do Corte à Brasa: vamos ao Churrasco com o Chef do Cerrado Will Navarro–Goiânia GO

15h30: Os 4 elementos: O Funcional e o Real–Willian Carvalho e Fabiana do Couto – Goiânia GO e São Paulo SP –;

16h30: Brasil do Balacobaco–Humberto Marra – Goiânia GO

17h30: A Cozinha Contemporânea um Elo com a Cozinha Tradicional – Marcos Silva – Goiânia GO

18h30: Cozinha Raiz e os Territórios de Identidade da Bahia–Rosa Gonçalves – Salvador BA

19h30: Lançamento do Livro Receitas do Campo – Senar Goiás

18 DE AGOSTO – SÁBADO

10h30: Sabores do Brasil Requinte e Sofisticação–Charles Silva – Rio de Janeiro RJ –;

11h30: As Versões do Rei! O Milho–Letícia Massula – Pirenópolis GO –;

12h30: Almoço Show–A Diversidade da Proteína Suína e suas Possibilidades–Andre Rabelo – Brasília DF

14h30: As Tradições e Historias da Cozinha de Goiás – Rafael Lino Rosa – Cidade De Goiás

15h30: Cozinhando a4 Mãos: A Paixão e Sofisticação da Cozinha Brasileira –Alex Sabino e Vinicius Rossig­noli – Brasília DF –;

16h: Feira Gastronômica

16h30: O Olhar Contemporâneo sobre a Chica–Mariana Rodrigues – Goiânia GO

17h30: Os Sabores da Ancestralidade – Letícia Kalymaracaya – Mato Grosso Do Sul – MS

18h30: Cactos: O Alimento do Futuro–Timóteo Domingos – Canindé SE

19h30: Lançamento do Livro do Chef do Sertão Timóteo Domingos

19 DE AGOSTO–DOMINGO

10h: Visita Técnica à Fábrica da Colombina – A Cerveja do Cerrado – Alberto Nascimento Sommelier de Cervejas

 

Comentários