Entretenimento

Reality Show: Adriana Sanchez é convocada para o júri do Revelações Sertanejo

diario da manha

A cantora e sanfoneira Adria­na Sanchez, líder da Barra da Saia (única banda feminina de música sertaneja do Brasil), está no time de jurados do Revelações Sertane­jo –novo reality musical da TV Apa­recida. A atração semanal, que irá ao ar às sextas-feiras às 20h, estrea­rá no dia 7 de setembro, sob o co­mando de Amanda Françozo e as gravações já estão a todo vapor. Ao lado de Adriana, a dupla Hugo & Thiago, o maestro Rodrigo Costa e o empresário Ricardo Eloi estão na bancada que revelará o novo nome da música sertaneja do Brasil.

“Está sendo muito gratifican­te viver essa experiência que é to­talmente nova para mim. Viver de música é um desafio que exi­ge muito empenho e dedicação e, assim como a maioria dos can­didatos, dediquei minha vida em busca do meu sonho, por isso sei que não é uma tarefa fácil. Espero poder ajudá-los a também reali­zar este sonho. Aproveitando, que­ro convidar a todos para conferir o programa, que está ficando lin­do e emocionante demais!”, con­vida Adriana Sanchez, que, além das gravações durante este mês de agosto, segue com a agenda do projeto “Salve Lua – Tributo a Luiz Gonzaga”, com seis apresentações confirmadas na cidade de São Pau­lo, além dos shows e lives com a banda Barra da Saia.

Vale lembrar que o talento de Adriana Sanchez como cantora e acordeonista tem sido reconhecido mundialmente. Desde 2011, a ar­tista é a única patrocinada da Hoh­ner Accordions no Brasil, represen­tando a marca ao lado de Stevie Wonder, John Lennon, Bob Dy­lan, Iron Maiden, entre outros no­mes. O programa Revelações Serta­nejo abrange as fases de audições, eliminatórias e semifinal, além da final, que será ao vivo, no mês de novembro. O vencedor ganhará um prêmio em dinheiro, além de uma viagem para o exterior e a gra­vação de um EP.

 

tags:

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio