Entretenimento

18ª Goiânia Mostra Curtas traz programação para toda a família neste fim de semana

diario da manha

Quem quer um fim de sema­na de diversão encontra diferen­tes programas em um mesmo lo­cal, o Teatro Goiânia. Os últimos dias da 18ª Goiânia Mostra Cur­tas, neste sábado e domingo (6 e 7 de outubro), contará com pro­gramação durante todo o dia com exibições de filmes para crianças e adultos, debate, lançamento lite­rário, homenagens, premiações e uma performance musical de en­cerramento.

A manhã de sábado come­ça com o pitching dos Labora­tórios de Roteiros Audiovisuais, às 9h, para os participantes de cada modalidade realizada durante a se­mana, na Vila Cultural Cora Coralina. Em seguida, às 10h, ocorre o Encontro de Rea­lizadores, também realizado no domingo no mesmo horário, na Vila.

E ainda, integra o programa da 18ª Goiâ­nia Mostra Curtas o lançamento literário do livro Feminino e Plural: mulheres no cinema brasileiro, realizado no hall do Teatro Goiâ­nia, às 13h do sábado. Organizado por Kar­la Holanda e Marina Cavalcanti Tedesco, a publicação consiste em uma coletânea de textos sobre o cinema feminino brasileiro, dos primórdios até a atualidade.

CINEMA

Ainda no sábado à tarde, em consonân­cia com temáticas relevantes do cotidiano e que refletem diretamente na indústria cine­matográfica, acontece a Curta Mostra Espe­cial em 2018, que tem como tema “Gênero e Invenção: tornar-se mulher no cinema de curta-metragem contemporâneo”. Duran­te os dois dias do fim de semana serão exi­bidos 12 curtas-metragens, sob curadoria da diretora, roteirista e antropóloga Maíra Bühler, que propõem uma reflexão sobre o papel feminino. A primeira parte será exibida no sábado, às 14h, enquanto a segunda par­te é realizada no domingo, às 15h.

No sábado, após a exibição dos curtas-me­tragens, às 16h, também ocorre o debate so­bre os desafios da desconstrução e da criação da imagem da mulher no cinema, com a pre­sença da antropóloga Silvana Nascimento, a cineasta Ana Carolina Soares, a diretora e rotei­rista Carol Rodrigues e a atriz, roteirista e reali­zadora transexual Julia Katharine.

Além disso, a Curta Mostra Especial ho­menageia duas mulheres importantes para a cena no sábado, às 14h. Yasmin Thayná é cineasta, diretora e fundadora da Afroflix, plataforma criada para divulgar filmes di­rigidos, protagonizados e produzidos por negros. Juliana Vicente é diretora, produtora e fundadora da Preta Portê Filmes. Dirigiu o curta “Cores e Botas”, exibido mundialmente em mais de 50 festivais, sobre uma menina negra que quer ser Paquita.

Às 19h, nove produções da Curta Mostra Brasil fecham a noite de sába­do no Teatro Goiânia. No domingo de manhã, pais e filhos podem curtir a últi­ma exibição da 17ª Mostrinha, queserá aberta a todos, às 10h30. Todas as mos­tras têm entrada gratuitas.

CERIMÔNIA DE ENCERRAMENTO

A noite de domingo será de come­moração. Para abrir a cerimônia de en­cerramento, realizada no Teatro Goiânia, às 20h, será exibido o último curta-metragem do festival, “Passageira S8º”, de Bidu Queiroz, que tem a homenageada do festival Maeve Jinkings como protagonista da trama. Nesta noite serão revelados os premiados do festi­val pelo júri oficial e júri popular das catego­rias Melhor Filme, Melhor Direção, Prêmio Especial do Júri das mostras competitivas– Curta MostraBrasil, Curta Mostra Goiás, Cur­ta Mostra Animação. Ainda será entregue o certificado de melhor roteiro do Laboratório.

Ao final, as goianas Brunna Curupira, Flávia Carolina, Nathalia Kaule, Thaísa Idel­mina e Sarah Menezes, integrantes do Co­cada Coral, encerram a edição de 2018 com uma performance musical animada, com canções autorais marcadas por influên­cias de diferentes estilos musicais popula­res do país, como o samba de coco, mara­catu, bumba meu boi e a ciranda.

 

PROGRAMAÇÃO:

 

SÁBADO–6 OUT

10H LABORATÓRIO DE ROTEIROS AUDIOVISUAIS – PITCHING

Todos os participantes deverão realizar um pitching (defesa oral do projeto) ao final do Laboratório de Roteiros

Local: Vila Cultural Cora Coralina

10H ENCONTRO DE REALIZADORES DE FILMES

Ministrante: Pedro Maciel Guimarães – curador

Local: Vila Cultural Cora Coralina

13H30 LANÇAMENTO LITERÁRIO

Livro: Feminino e Plural: mulheres no cinema brasileiro

Organizado por Karla Holanda e Marina Cavalcanti Tedesco

Local: Teatro Goiânia (hall)

14H CURTA MOSTRA ESPECIAL GÊNERO E INVENÇÃO: TORNAR-SE MULHER NO CINEMA DE CURTA-METRAGEM CONTEMPOR NEO

Homenagens:

Yasmin Thayná – cineasta

Juliana Vicente – diretora e produtora

Local: Teatro Goiânia

Parte 1

Criar, emancipar, denunciar. Não necessariamente nessa ordem.

Mini Miss (PE) – 2018 – Doc – 15 min. Direção: Rachel Daisy Ellis [Livre]

Quem matou Eloá? (SP) – 2016 – Doc – 24 min. Direção: Lívia Perez [12 anos]

Sweet Heart (SP) – 2018 – Fic – 21 min. Direção: Amina Jorge [14 anos]

Latifúndio (RJ) – 2017 – Exp – 11 min. Direção: Érica Sarmet [18 anos]

Estado Itinerante (MG) – 2016 -Fic – 25 min. Direção: Ana Carolina Soares [Livre]

Trans*lúcidx (PR) – 2014 – Doc – Exp – 10 min. Direção: Miro Spinelli [14 anos]

16H DEBATE: GÊNERO E INVENÇÃO NO CINEMA: DESAFIOS DE DESCONSTRUÇÃO E CRIAÇÃO

Local: Teatro Goiânia

19H CURTA MOSTRA BRASIL

Local: Teatro Goiânia

O Órfão (SP) – 2018 – Fic 15 min. Direção: Carolina Markowicz [Livre]

Guaxuma (PE) – 2018 – Ani – 14 min. Direção: Nara Normande [12 anos]

BR3 (RJ) – 2017 – Fic – 23 min. Direção: Bruno Ribeiro [16 anos]

Sweet Heart (SP) – 2018 – Fic – 21 min. Direção: Amina Jorge [14 anos]

MC Jess (RJ) – 2018 – Fic – 20 min. Direção: Carla Villa-Lobos [16 anos]

Intervalo – 15 minutos

Mini Miss (PE) – 2018 – Doc – 15 min. Direção: Rachel Daisy Ellis [Livre]

Boca de Loba (CE) – 2018 – Fic – 19 min. Direção: Bárbara Cabeça [12 anos]

Reforma (PE) – 2018 – Fic – 16 min. Direção: Fábio Leal [18 anos]

Latifúndio (RJ) – 2017 – Exp – 11 min. Direção: Érica Sarmet [18 anos]

DOMINGO–7 OUT

10H ENCONTRO DE REALIZADORES DE FILMES

Ministrante: Pedro Maciel Guimarães – curador

Local: Hotel Papillon

10H30 17ª MOSTRINHA

Aberta ao público infantil

Local: Teatro Goiânia

O Espírito do Bosque (SP) – 2017 – Fic -15 min. Direção: Carla Saavedra Brychcy [Livre]

Cor de Pele (PE) – 2018 – Fic – 15 min. Direção: Livia Perini [Livre]

A Câmera de João (GO) – 2017 – Fic – 22 min. Direção: Tothi Cardoso [Livre]

Adeus (PE) – 2017 – Ani – 11 min. Direção: Marília Feldhues [Livre]

Iara (MG) – 2018 – Fic – 14 min. Direção: Erika Santos e Cássio Pereira dos Santos [Livre]

As Bordadeiras do Jardim (SP) – 2017 – Ani – 3 min. Direção: Julia Vellutini [Livre]

15H CURTA MOSTRA ESPECIAL GÊNERO E INVENÇÃO: TORNAR-SE MULHER NO CINEMA DE CURTA-METRAGEM CONTEMPOR NEO

Local: Teatro Goiânia

Parte 2

Denunciar, criar, emancipar. Não necessariamente nessa ordem.

A Boneca e o Silêncio (SP) – 2015 – Fic – 19 min. Direção: Carol Rodrigues [14 anos]

KBELA (RJ) – 2015 – Fic – 21 min. Direção: Yasmin Thayná [Livre]

Outras (SP) – 2017 – Doc – 22 min. Direção: Ana Julia Travia [Livre]

Tailor (RJ) – 2017 – Ani – 09 min. Direção: Calí dos Anjos [12 anos]

No Devagar Depressa dos Tempos (SP) – Doc – 25 min. Direção: Eliza Capai [Livre]

Peripatético (SP) – Fic – 15 min. Direção: Jessica Queiroz [Livre]

20H ENCERRAMENTO

Exibição do filme:

Passageira S8 (PE) – 2009 – Exp – 10’. Direção: Bidu Queiroz [Livre]

Premiação

Performance Musical: COCADA CORAL

Local: Teatro Goiânia

 

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio