Entretenimento

Ator Caio Junqueira morre aos 42 anos após acidente de carro

diario da manha

A Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro confirmou nesta quarta-feira (23/01) a morte do ator Caio Junqueira, aos 42 anos, após ser vítima de um acidente de carro no Aterro do Flamengo, Zona Sul do Rio, na última semana. O intérprete do policial Neto do filme “Tropa de elite” (2007) estava hospitalizado no Hospital Miguel Couto.

No último dia 16 de janeiro, Caio, de 42, dirigia sozinho pelo Aterro do Flamengo, em direção ao centro da cidade, quando perdeu o controle do carro, que subiu no meio-fio, bateu em uma árvore e capotou em seguida. Com duas fraturas expostas, o ator seria operado hoje, mas os médicos decidiram esperar seu quadro clinico apresentar mais alguma melhora.

Na última segunda-feira (21/01) o quadro de saúde de Caio chegou a se estabilizar, mas os médicos esperavam controlar uma febre alta para realizar uma cirurgia na mão dele, que havia sofrido fraturas no acidente.

Carreira

Caio Junqueira teve uma carreira de destaque na dramaturgia brasileira. Um dos papéis mais marcantes do ator foi no longa Tropa de Elite (2007), onde viveu o personagem Neto. Sucesso de bilheteria no país e premiado no Festival de Berlim.

Além do blockbuster policial, Caio participou de importantes longas, como Zuzu Angel (2006), Central do Brasil (1998), onde interpretou Moisés, e O Que é Isso, Companheiro? (1997), no qual viveu o guerrilheiro Julio.

Na televisão, a carreira de Caio foi igualmente extensa, com participação em Malhação (1997-1998), Hilda Furacão (1998), Chiquinha Gonzada (1999), Brava Gente (2000), Quinto dos Infernos (2002) e Paraíso Tropical (2007).

O mais recente trabalho de Caio Junqueira foi na série O Mecanismo, da Netflix.

Comentários

Mais de Entretenimento

9 de julho de 2019 as 11:36

Cuphead vai se tornar série na Netflix

25 de maio de 2019 as 19:51

Atriz Lady Francisco morre no Rio