Entretenimento

Após ser detonada, Naiara Azevedo explica almoço com Bolsonaro

diario da manha

Bastante criticada nas redes sociais por ter se encontrado com o presidente Bolsonaro, Naiara Azevedo rebateu as críticas e se pronunciou na noite de quinta-feira (28).

A cantora disse que o motivo do encontro foi para discutir uma solução para o setor de entretenimento, que vem sofrendo diante da pandemia. 

Leia também: Polícia apreende celulares, passaporte e R$ 470 mil em imóveis de Nego do Borel

De acordo com comunicado divulgado por sua assessoria, a intérprete salientou que o encontro não significa “um apoio a partidos políticos e sim uma luta pela classe”.

Leia a nota na íntegra:

No último dia 27/1 a cantora Naiara Azevedo foi convidada, junto de outros artistas, a participar de uma reunião em Brasília/DF, para discutir com agentes do Governo Federal uma solução para o setor de entretenimento, que vem sofrendo demais as consequências da pandemia. Salientando que a reunião não é um apoio à partidos políticos e sim uma luta pela classe.

O setor foi um dos primeiros a parar de trabalhar e, se nada for feito, será um dos últimos a voltar as suas atividades. Esse foi o único propósito da ida da cantora, em defesa da classe artística e de todos que fazem arte e cultura em nosso país.
Naiara Azevedo deseja que a vacina chegue logo à todas as famílias brasileiras, para que a vida volte ao normal e que os eventos possam voltar a acontecer, trazendo esperança e alegria para todo o nosso povo.

Leia também: Bolsonaro xinga a imprensa por divulgar gasto de R$ 15 mi com leite condensado

Além da cantora, estavam presentes Sorocaba, da dupla com Fernando, Amado Batista e até o pai do jogador Neymar.

Comentários