Entretenimento

Andressa Urach processa Silas Malafaia e pede R$ 100 mil de indenização

diario da manha

Na última sexta-feira (9), Andressa Urach processou o pastor Silas Malafaia após declarações em entrevista ao canal de Antonia Fontenelle. Na ação, que corre na 2ª Vara Cível do Foro Central da Comarca de Porto Alegre, ela pede indenização de R$ 100 mil reais a título de danos morais.

“Eu só lamento que quando essa mulher estava no fundo do poço, toda desgraçada, a igreja restaurou. […] Que moral essa mulher tem pra vir falar de alguém se ela voltou a fazer tudo que ela fez no passado e levou a vida dela à desgraça?”, disse o religioso.

Leia também: Ação Penal pode terminar com prisão de Siqueira e Rafinha Bastos

O advogado de Andressa Urach, Marco Mejia, disse que a forma como ele falou fez com que ela entrasse com a ação. “O pastor fez um comentário muito duro de que ela não teria moral para entrar com uma ação contra ele. A partir disso, houve um levante de pessoas criticando-a e chamando-a de tudo que é nome. A maneira como ele falou fez com que tomássemos uma posição jurídica”.

“Você pode ter opinião para tudo, mas a liberdade de expressão termina quando pegam a opinião e fazem um mal. Ele poderia ter falado de várias maneiras. A finalidade não é ganhar grana, é mostrar que há muitas pessoas lesadas pelas igrejas. As pessoas têm que entrar com a ação se forem lesadas e não podem ser discriminadas quanto a isso”, continuou.

Leia também: Cantor sertanejo revela que vive com bala alojada na cabeça: ‘Se tirar, fico cego ou surdo’

Além disso, a defesa afirma que pediu R$ 100 mil de indenização por considerar o alcance de pessoas atingidas e a natureza das declarações do pastor. “O pedido principal é a indenização por dano moral”, disse Marco Mejia.

Comentários