Entretenimento

Isolada por causa da pandemia, foto de idosa e cuidadora se abraçando vence World Press Photo

O júri do Concurso de Fotos de 2021, selecionou o primeiro abraço de Mads Nissen como a Foto do Ano da Imprensa Mundial da World Press

diario da manha
Os prémios foram anunciados nesta quinta-feira à tarde numa sessão online. Foto - Reprodução - World Press Photo

Nesta quinta-feira (15), um fotógrafo dinamarquês conquistou o prestigioso prêmio World Press Photo do ano 2021, por uma imagem de uma senhora idosa de 85 anos, recebendo um abraço de uma enfermeira protegida da covid-19 por plástico no Brasil, o símbolo de “esperança” aos olhos dos jurados, fez a foto ser eleita a foto do ano pela organização.

Quando 11% da população brasileira, composta por idosos, está impedida de sair às ruas, descer para praças e mercados, encontrar os amigos e familiares, as pessoas se deparam com o desafio de driblar ímpetos e convencer essas pessoas a se preservarem para dias melhores.

O fotógrafo dinamarquês Mads Nissen capturou o momento em que Rosa Luzia Lunardi foi abraçada depois de cinco meses pela enfermeira Adriana Silva da Costa Souza, com a proteção de um plástico por conta do coronavírus, na casa de repouso Viva Bem, na Zona Oeste de São Paulo, no dia 5 de agosto de 2020.

O plástico transparente, com bordas amarelas dobradas em um formato semelhante a um par de asas, separava a enfermeira e a idosa abraçadas.

A imagem, feita para a agência Panos Pictures e para o jornal dinamarquês Politiken, também ganhou o primeiro lugar na categoria de Notícias Gerais da premiação.

Os juízes avaliaram 74.470 fotos de 4.315 fotógrafos antes de selecionar os vencedores em oito categorias, como Notícias Gerais, Esportes, Meio Ambiente e Retratos.

É a segunda vitória de Nissen no World Press Photo – ele conquistou o primeiro prêmio em 2015 pela foto de um casal gay na Rússia afp_tickers
Foto/Reprodução – SWI swissinfo.ch

Isolada por causa da pandemia do coronavírus, ela finalmente conseguiu abraçar uma enfermeira graças a um dispositivo de plástico.

“Esta imagem icônica da Covid-19 lembra o momento mais extraordinário de nossas vidas, em todos os lugares”, disse o membro do júri Kevin Lee, citado em um comunicado.

Para ele, a foto, que mostra ao mesmo tempo “vulnerabilidade, separação e sobrevivência”, é também um símbolo de “esperança”.

“Eu vi vulnerabilidade, entes queridos, perda, separação, morte, mas, mais importante, vi também sobrevivência – tudo em uma só imagem. Se você olhar para a foto por tempo suficiente, verá asas: um símbolo de voo e esperança”, completou Lee.

“A principal mensagem desta imagem é a empatia. É amor e compaixão ”, disse o fotógrafo responsável pela fotografia em um comentário divulgado pelos organizadores do concurso.

A World Press Photo Exhibition 2021, mostra os vencedores dos Concursos deste ano, deve iniciar sua turnê mundial em abril.
Foto/Reprodução – World Press Photo

A série vencedora do “World Press Photo Story of the Year”, um novo prêmio introduzido em 2019, narra histórias de amor impactadas pelo conflito israelense-palestino pelo fotógrafo italiano Antonio Faccilongo para Getty Reportage.

Ernesto Benavides, fotógrafo freelance que trabalha para a Agence France-Presse (AFP) em Lima, ganhou o segundo prêmio na categoria “Spot News – Stories” por uma série de imagens obtidas durante protestos contra a destituição do ex-presidente peruano Martin Vizcarra em novembro.

Quem levou o prêmio de foto do ano em 2020 foi o fotógrafo da AFP Yasuyoshi Chiba, por uma imagem de um jovem recitando um poema entre manifestantes no Sudão.

Na cerimônia virtual de premiação, Nissen recebeu o prêmio de 5 mil euros e disse que a sua fotografia pode trazer alguma esperança em um momento difícil.

“É uma situação muito, muito difícil e sombria. Então, naquele horror, naquele sofrimento, acho que esta imagem também traz alguma luz”, disse Nissen.

A cerimônia de premiação aconteceu online este ano devido às restrições do coronavírus.

Sobre a World Press Photo


A World Press Photo Foundation está realizando seu festival anual online este ano, de 15 a 17 de abril. A programação de três dias inclui o Show de Prêmios, apresentações e diálogos.
Foto/Reprodução – World Press Photo

Todos os anos, a Fundação World Press Photo premeia o que de melhor há no jornalismo visual através da competição World Press Photo nas categorias de Assuntos Contemporâneos, Ambiente, Notícias, Notícias Locais, Projetos de Longo Prazo, Natureza, Retrato e Desporto.

A programação de três dias inclui a Mostra de Prêmios deste ano, apresentações de vencedores de concursos de 2021 compartilhando o pano de fundo de suas histórias premiadas, conversas com os jurados levando através do processo de julgamento, discussões em torno do tema liberdade de imprensa e espaços digitais para profissionais de storytelling visual para discutir questões e tópicos urgentes.


Através do evento online imagens vencedoras da Foto do Ano e da Reportagem do Ano da edição deste ano da World Press Photo estão sendo divulgadas. 
Foto/Reprodução – World Press Photo

Os concursos anuais reconhecem e celebram o melhor jornalismo visual produzido ao longo do último ano, apresentando os vencedores do 64º Concurso Anual de Fotos e 11º Concurso Anual de Contação de Histórias Digitais.

O Cronograma dos concursos 2021

Inscrições abertas: 1 de dezembro de 2020, 12:00 CET
Inscrições encerram: 13 janeiro 2021, 12:00 CET (prazo estendido)
Indicados anunciados: 10 de março de 2021, 12:00 CET
Vencedores das categorias anunciados nos canais online da World Press Photo: 15 de abril de 2021, 15:00 CEST
Vencedores da premiação anunciada na Premiação (online): 15 de abril de 2021, 16.00-17.00 CEST
World Press Photo Festival (Online): 15 a 17 de abril de 2021
Flagship World Press Photo Exhibition 2021 em Amsterdã: Datas TBC

*Com informações do G1, SWI swissinfo.ch e World Press Photo

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:

Comentários