Brasil

Ao vivo, Alexandre Garcia ameaça deixar a CNN Brasil

O âncora Rafael Colombo questionou: “Mas na Constituição tem o direito à vida também, né Alexandre? Os governadores e prefeitos não estão tentando garantir o direito à vida?”.

diario da manha
Alexandre Garcia na CNN Brasil; comentarista ficou em silêncio e não gostou de questionamento. Foto/Reprodução - CNN Brasil

Na manhã desta quinta-feira (6), Alexandre Garcia se irritou com uma pergunta sobre a pandemia de Covid-19 que lhe foi feita ao vivo na CNN Brasil. O apresentador Rafael Colombo questionou o comentarista sobre o trabalho de governadores e prefeitos do Brasil à favor da vida da população.

Como diz o velho ditado: “o caldo entornou” na manhã desta quinta-feira no telejornal “Novo Dia”, na CNN Brasil.

Comandado pelo âncora Rafael Colombo, tudo corria bem no jornal até o quadro “Liberdade de Opinião”, que tem participação de Alexandre Garcia.

No quadro, Garcia, 80 anos, defendia o governo Bolsonaro (para variar) e afirmou que o presidente tem “todo o direito” de lançar um decreto proibindo governadores e prefeitos de decretarem restrições para o controle de coronavírus, o que Bolsonaro ameaçou fazer ontem.

Para Garcia, a edição de decretos por presidentes “está na Constituição” e, se ele o fizer, o decreto deve ser cumprido.

“Você falou em ameaça de decreto. Veja só como está este país. È um decreto que ameaça fazer cumprir a constituição. Essa é a ameaça: temos que cumprir a constituição. tem que haver um decreto para fazer cumprir a constituição”.

É esse o país maluco em que nos estamos vivendo nesse momento. Você mencionou, e eu vi jornal hoje também, que Bolsonaro ameaça com decreto. Estamos ameaçados de que alguém nos faça cumprir a constituição. Isso resume tudo, isso é o verdadeiro ‘pleonasmo abusivo”, declarou Alexandre.

Uma cena tensa foi exibida na manhã desta quinta-feira (6), pelo telejornal Novo Dia, da CNN Brasil.
Foto/Reprodução – CNN Brasil

O apresentador então questionou: E a proteção à vida (que é o objetivo dos governadores)? Também não está na Constituição?

Garcia ficou mudo, por volta de 16 segundos, encarando a câmera, e Colombo ficou aguardando uma resposta. Quando o âncora já havia desistido e estava chamando o intervalo, o colega disse: “Eu tô sendo entrevistado. Não sei se a gente volta”, começando a se preparar para levantar da cadeira de onde estava acomodado.

De semblante fechado, Garcia respondeu que “não sabia” se voltaria no dia seguinte (amanhã, sexta, dia 07).

Na volta do comercial, Colombo leu carta padrão sobre as diferenças de ideias entre a emissora e seus contratados. “As opiniões emitidas pelos comentaristas do quadro não refletem necessariamente a posição da CNN”, disse. Garcia não voltou a aparecer no programa após o retorno.

No início da tarde desta quinta-feira (06), a CNN disse, por meio de sua assessoria, que Alexandre Garcia “seguirá no quadro” do telejornal.

Nas redes sociais, internautas comentaram que a fala de Garcia pareceu um pedido de demissão:

*Com informações dIstoé, Jornal da Cidade Online e Uol

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe DM Online www.dm.jor.br pelo WhatsApp (62) 98322-6262 ou entre em contato pelo (62) 3267-1000.

Leia também:

Comentários