Entretenimento

Boris Casoy detona negacionismo de Bolsonaro: "Não tem vacina contra burrice"

Durante participação no 'Conversa com Bial' nesta última segunda-feira (19), o jornalista classificou a atitude do político como uma "besteira".

diario da manha

Boris Casoy reclamou da postura do presidente Jair Bolsonaro de não incentivar os brasileiros a tomarem a vacina contra a Covid-19. Durante participação no ‘Conversa com Bial’ nesta última segunda-feira (19), o jornalista classificou a atitude do político como uma “besteira”.

“Apareceu essa bobagem, essa besteira muito estimulada pelo presidente da República. Eu não perdoo Bolsonaro, ele pode ter as virtudes que tiver, mas isso anula as virtudes. Não tem ainda a vacina contra a burrice, mas vai surgir. Aí vem o presidente da república e combate a vacina. O Brasil demorou muito para começar a vacina”, disse. O comunicador ainda lamentou que as fakes news tenham atrapalhado o ritmo da vacinação no país.

Leia também: Galvão Bueno e família tem contas bloqueadas pela Justiça

Além disso, Boris Casoy comentou sobre uma experiência pessoal em que precisou de vacina para uma doença durante a infância.

“Se houvesse vacina, eu e minha irmã gêmea não teríamos sido vítimas da poliomielite. Cada criança salva é um cidadão lá na frente que pode ser um médico, que pode ser um bom marido, um bom pai”, contou. Ele acrescentou que, como seus pais tinham condições financeiras, os dois foram levados para fazer a operação e o tratamento nos Estados Unidos.

Boris ainda criticou o PT e Lula: “Depois de tudo que ele aprontou, de tudo que o PT aprontou. As pessoas estão sendo soltas e de repente você olha algumas pessoas e empresas podem até ser indenizadas.”

Comentários