Entretenimento

Sérgio Marone troca farpas com Mario Frias: "Não fosse seus olhos azuis jamais teria tido oportunidade na TV"

Nesta quarta-feira (15), Frias agradeceu ao líder do governo do senado por ter retirado de pauta o projeto de lei Paulo Gustavo.

diario da manha

O ator e apresentador Sérgio Marone criticou o atual secretário especial de Cultura do governo Jair Bolsonaro, Mario Frias, após o posicionamento contra o projeto de lei Paulo Gustavo.

Nesta quarta-feira (15), Frias agradeceu ao líder do governo do senado por ter retirado de pauta o projeto. “Quero agradecer o senador @fhezermcoelho [o senador do MDB Fernando Bezerra], líder do governo no Senado, por ter retirado de pauta o projeto de lei Paulo Gustavo. Este projeto é completamente absurdo!”, escreveu.

Marrone compartilhou o tweet e criticou a atitude do ex-colega de profissão. “Isso, deixa um monte de ex colegas seus passando fome. Entendo seu amargor por não ter seguido na carreira artística, mas entenda… não fosse seus olhos azuis, jamais teria tido uma oportunidade na TV”.

Leia também: Youtuber morre ao cair de prédio durante gravação

Além disso, o ator questionou o secretário sobre o projeto “Casinha Games”, do filho 04 de Bolsonaro, Jair Renan. “@mfriasoficial e os 4 milhões na casinha do Renanzinho? Absurdo também? Explica?” completou.

Sem responder a pergunta, Mario Frias respondeu: “Claro, Morango, vou deixar de criar um curso profissionalizante, para capacitar jovens de baixa renda no mercado de trabalho, aprendendo programação, design gráfico, criação de roteiro, produção musical etc, para dar dinheiro para ex-colega famoso. Vai esperando”.

Sérgio Marone e Mario Frias trocam farpas nas redes sociais

Leia também: Empresa vai pagar R$ 6,8 mil para pessoa que assistir 13 filmes de terror

Comentários