Entretenimento

Talento de Marília Mendonça é exaltado por artistas, amigos e políticos

Após o anúncio da morte da cantora Marília Mendonça, amigos e fãs lamentaram a notícia nas redes sociais e exaltaram seu talento

diario da manha
Foto: Reprodução

Após o anúncio da morte da cantora Marília Mendonça, amigos e fãs lamentaram a notícia nas redes sociais e exaltaram seu talento.

No seu perfil do Instagram, o cantor Wesley Safadão foi um dos primeiros a dar declarações. “Você é única, sua estrela brilhará para sempre. O Brasil perde uma grande artista e, principalmente, uma grande mulher. Meus sentimentos aos familiares e amigos de todos os que estavam no avião, descansem em paz”, escreveu o cantor em uma postagem.

Gal Costa, que gravou uma música com Marília Mendonça para o disco A Pele do Futuro (2018), também lamentou a perda e exaltou o talento da cantora. “Uma menina genial, brilhante no seu segmento como compositora. Uma pessoa jovem, carinhosa, que deixa um filho pequeno. É uma perda irreparável. Meus sentimentos à família. Muito triste, tudo muito triste.”

No Instagram, Caetano Veloso destacou as citações a Marília na música Sem Samba Não Dá, lançada em seu último disco (Meu Coco, 2021). Caetano escreveu que foi arrebatado pelo talento da cantora durante um show. “(O arrebatamento) era tão grande que não só me pareceu justo que ela surgisse duas vezes na canção (sic) como que, em uma delas, seu nome viesse como Mar(av)ília Mendonça.”

Além de artistas, famosos de outras áreas comentaram a morte da cantora. No Twitter, o jogador Neymar escreveu minutos depois da confirmação da morte da cantora: “Me recuso acreditar, me recuso”. O youtuber Felipe Neto também usou o Twitter para homenagear Marília: “Você fez história. Não há palavras”.

‘VOZ ÚNICA’

Também nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro escreveu que a cantora era “uma das maiores artistas de sua geração, que com sua voz única, seu carisma e sua música conquistou o carinho e a admiração de todos nós”. Em mensagem no Twitter, Bolsonaro afirmou que “o sentimento é de que perdemos alguém muito próximo, já que Marília sempre esteve presente em nossas vidas através de suas canções”.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), decretou luto oficial de três dias no Estado, terra natal de Marília. Os presidentes da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), também se manifestaram. Lira disse ser fã da artista. “Sempre foi uma voz e presença de alegria e simpatia”, afirmou. Pacheco expressou “profundos sentimentos” a familiares, fãs e amigos.

Leia também:

Comentários