Entretenimento

Gusttavo Lima move processo na justiça contra duas empresas por uso indevido da sua imagem

Segundo informações da assessoria do cantor, ele teve sua imagem usada para fabricação e comercialização sem autorização para fins lucrativos. Pedido na Justiça foi de indenização por danos morais

diario da manha
Foto: Divulgação

O cantor Gusttavo lima entrou na Justiça para pedir indenização por danos morais a duas empresas após se sentir lesado. Segundo informações da assessoria do cantor, elas usaram a imagem dele sem autorização para fins lucrativos.

Conforme a assessoria, as empresas fabricaram e comercializaram produtos com a marca do cantor e que essa prática é ilícita e ilegal pois elas não possuem autorização para utilizar o nome e a imagem do artista, que é protegido por lei.

Ainda segundo a assessoria, a Justiça de São Paulo determinou a imediata interrupção da fabricação e comercialização de produtos utilizando a imagem ou as marcas do cantor, inclusive em sites e redes sociais

A pena para descumprimento da decisão, segundo a assessoria, é de multa diária de R$ 1 mil até R$ 10 mil e busca e apreensão de todos os produtos que fazem a utilização da imagem ou das marcas do artista e de todas as notas fiscais a fim de inibir a sua comercialização.

Com informações do G1.

  • Leia também:

Comentários