Violência contra a Mulher

Modelo que caiu do 12° andar pode ter sido vítima de feminicídio

O caso aconteceu no Chile e está sendo apurado pelo departamento de homicídios de Santiago.

diario da manha
Foto/reprodução

O ex-namorado, o executivo chileno, Rodrigo Del Valle Mijac, é suspeito de matar a namorada brasileira, no dia 7 de julho. Segundo a amiga pessoal da modelo, ele havia expulsado Nayara e a filha dela do apartamento que eles moravam, no meio da noite.

Nayara Vit, morreu ao caiu do 12º andar do apartamento do apartamento do executivo, segundo informações, no dia da morte, ele não desceu do apartamento.

Inicialmente, a morte da modelo foi tratada como um suicídio, mas com o andamento das investigações, após uma amiga relatar que a jovem havia brigado com o namorado no dia da morte dela, o caso segue com outras hipóteses.

Segundo o jornal El Dínamo, em depoimento, Marcela Bakit, amiga de Nayara, afirmou ter ficado surpresa com a “falta de emoção” apresentada por Mijac. Além disso, Rodrigo Del Valle Mijac atuou como advogado no divórcio de Nayara, que havia acabado de se separar. E no dia que ele a expulso seria o dia da audiência.

“Ele [Mijac] a expulsou com a menina à noite, do apartamento onde ela caiu. Ela me chamou, como sua advogada, estava arrasada, chorou, não podia acreditar no que tinha acontecido. Imagine sair à noite com uma garotinha de 4 anos. Ela foi destruída e no dia seguinte teve uma audiência”, relatou Bakit.

O caso aconteceu no Chile e está sendo apurado pelo departamento de homicídios de Santiago.

Leia Também

Comentários