Esportes

Enfim, apresentados

Jogadores, que vieram do interior do Estado e já estavam à disposição, falam antes da viagem para Fortaleza

diario da manha

 

Antes de viajar para Fortaleza, o Vila Nova apresentou mais três reforços, o zagueiro Igor, o volante Ramires e o centroavante Vanilson, todos contratados para o Campeonato Brasileiro da Série C. Ramires, trazido por empréstimo do Anápolis, já deve figurar entre os titulares no jogo de amanhã, na Arena Castelão, e se diz na expectativa de poder iniciar a partida, mas salienta que caberá a Márcio Fernandes a decisão de quem iniciará entre os titulares.

“A gente fica nessa expectativa de poder começar a partida. Mas o professor sabe a equipe que vai colocar em campo e, independente de eu começar ou não, eu vou estar sempre à disposição para ajudar. A gente sabe que o grupo tem muitos jogadores qualificados e estou na espera e na expectativa. Se for a escolha por mim, vou estar muito feliz e vou tentar dar aquilo que eu sempre procuro mostrar, que é um bom futebol e tentar fazer as coisas conforme é feito no treinamento”, salientou Ramires.

O volante chamou a atenção por estar atuando no Anápolis, clube que criou uma rivalidade muito grande com o Tigre, na Divisão de Acesso. Agora, vestindo a camisa colorada, Ramires acredita que as coisas que aconteceram nos jogos entre as duas equipes ficaram pra trás e diz ter sido bem recebido pelo grupo colorado em sua chegada.

“Fui bem recebido aqui, graças a Deus. Aquilo que aconteceu, ficou pra trás, foi coisa de jogo, eles estavam defendendo a equipe do Vila e eu estava defendendo a equipe do Anápolis, mas tudo fica lá no campo. Depois do apito final, a gente esquece. Devido às provocações, que são coisas que acontecem no futebol, senão o futebol não teria graça. Mas a gente respeitou a instituição e agora estou deste lado, e espero fazer o meu melhor para defender as cores do Vila”, disse.

Contratado para uma posição onde existem pelo menos cinco opções, o centroavante Vanilson vê a briga pela posição como boa e salutar, pois a finalidade de todos os atletas, segundo o jogador, é de estar podendo atuar dentro de campo com a camisa do Vila.

“É uma briga boa, mas eu acho que em todo clube, quanto mais qualidade poder contar é melhor. É uma briga sadia, cada um em busca de sua posição porque a finalidade de todos é poder jogar”, falou.

Outro jogador vindo do Anápolis, o zagueiro Igor adotou uma postura humilde na sua apresentação. O jogador adota cautela, esperando sua oportunidade para poder dar o seu melhor para o time.

“A gente sabe que tem grandes jogadores na posição. Vou continuar trabalhando, com os pés no chão, com muita humildade aguardando a minha chance. Sei que quando precisarem de mim, vou estar preparado e vou dar o meu melhor em prol do grupo”, enfatizou Igor.

O oitavo jogador contratado, o meia-atacante Antônio Flávio, vindo do Capivariano, ainda não foi apresentado devido a uma lesão muscular, devendo ser apresentado apenas quando de sua recuperação.

Comentários

Mais de Esportes