Esportes

Hélio muda logística para jogo matutino

João Paulo Di Medeiros,Da editoria de Esportes

diario da manha

 

Além de conhecer a nova casa do Palmeiras, o Allianz Parque, o Goiás tem pela frente, amanhã, outra novidade pelo Campeonato Brasileiro Série A: vai jogar no período matutino. A partida está marcada para as 11h (de Brasília), horário novo implantado pela CBF. Essa novidade forçou mudanças ao cotidiano esmeraldino.

A principal mudança é na alimentação dos jogadores. Em dias de jogos, normalmente os atletas acordam mais tarde e vão direto para o almoço, não costumam tomar café da manhã. Desta vez, essa primeira refeição será importantíssima e receberá reforço. O técnico Hélio dos Anjos comentou sobre as mudanças que o novo horário implica na preparação da equipe.

“Temos a nutricionista, temos o departamento de fisiologia e estamos nos adaptando. Vou mudar o horário da minha palestra, não acho que vale a pena acordar os jogadores e fazer uma palestra com eles saindo da cama, vão bocejar, não vai ficar legal”, comentou.

Para o experiente treinador, jogar pela manhã não será um problema. Hélio dos Anjos vê os jogos matutinos como uma alternativa interessante para os torcedores. “Eu acho que é um belo horário para a família brasileira, imagina bem em São Paulo, você é torcedor do Palmeiras e está vendo o jogo, 13h30 você está na sua casa, vai fazer sua massa, porque são muitos italianos, acho um horário legal para quem assiste. Temos que nos adaptar, não vamos reclamar de nada por causa do horário”.

Sobre o time titular que vai entrar em campo, o treinador não ensaiou a equipe pelo desgaste do elenco. Isso deve ser feito na manhã deste sábado, na Serrinha. No entanto, o treinador já sinalizou com os retornos do lateral esquerdo Rafael Forster e do volante Patrick. A última dúvida na cabeça do treinador é sobre o substituto de Felipe Menezes: Arthur, William Kozlowski e Robert brigam pela vaga.

RENAN

O goleiro Renan, um dos principais jogadores do elenco esmeraldino, recebeu uma sondagem do Coritiba. O time coxa branca queria contar com o goleiro, mas a diretoria do Goiás não quer perder o jogador, já que é um dos pilares do plantel. Renan chegou ao clube em 2013 e tem contrato com o Goiás até o fim de 2016.

Comentários

Mais de Esportes