Esportes

Capitão acredita no acesso

Goleiro Márcio vê equilíbrio no Brasileiro Série B e espera usar vitória contra o Náutico para embalar na competição

diario da manha

Álvaro de Castro,Da editoria de Esportes

 

O Atlético continua a preparação visando o jogo do próximo sábado (20). Se recuperando na Série B, a equipe atleticana vai até Belo Horizonte encarar o América-MG. A partida acontece no Estádio Independência, às 16h30. Nos primeiros treinamentos, Jorginho manteve em campo a mesma base de seu primeiro jogo no comando rubro-negro.

Peça que não vai ser alterada no time titular, com toda a certeza, é o goleiro Márcio. Principal ídolo do clube, o arqueiro rubro-negro chega ao seu oitavo ano de clube, com mais de 450 jogos como titular. Depois de um péssimo início de 2015, a boa vitória sobre o Náutico reascendeu as esperanças de um bom ano, tentando chegar, novamente, ao grupo de cima da tabela, assim como na última temporada.

A felicidade retornou ao Atlético. A vitória diante do Náutico trouxe novamente os sorrisos para o clube e quem disse isso foi Márcio: “Voltaram os sorrisos. A vitória traz um ambiente mais leve, melhor. Essa sequência de empates e derrotas não foi o que a gente queria. É natural que fiquemos mais tristes. Futebol é simples, nós que complicamos. Perdeu está tudo ruim, ganhou está tudo bom. O importante é manter a linha de atuação para continuar subindo”, comentou.

O goleiro também mostrou confiança no time para o decorrer da temporada: “Eu tenho certeza que o Atlético tem chance de brigar pelo acesso. Tirando o Botafogo, os outros times são todos iguais. Depende muito de como você se comporta, da sua atitude nos jogos. Como exemplo, temos a partida contra o Náutico, que não foi nosso melhor jogo, mas conseguimos vencer, com certa tranquilidade”, ressaltou.

Sobre o América, adversário da próxima rodada, Márciou falou: “Sempre foi difícil jogar em Belo Horizonte, a partida vai ser equilibrada. Quem tiver mais concentração vai levar a melhor. O Independência é um campo complicado, o América é um bom time. Dentro e fora de casa, as dificuldades são iguais, o que vai valer é o comportamento, temos que ter um padrão em todas as partidas”, finalizou.

 

time

Marcus Winícius segue fora dos gramados, o zagueiro sofreu uma lesão grau 1 na coxa direita, no jogo contra o Náutico. Lino segue nos trabalhos físicos e não deve jogar mais uma vez. O experiente jogador se machucou, no jogo contra o Ceará, e está afastado do time há 30 dias.

Juninho foi poupado de boa parte do trabalho, o atleta tem a rotina de treinamentos diferenciada, devido às seguidas lesões musculares dos últimos anos. Entretanto, o atacante vai viajar com o time para o jogo contra o América-MG. Retornando de suspensão, Rafael já treinou entre os titulares e vai para o jogo de sábado.

Comentários

Mais de Esportes