Esportes

Exército e fuzileiros podem ocupar quatro favelas durante as Olimpíadas

diario da manha

Como parte do esquema de segurança da Olimpíada de 2016, as Forças Armadas planejam fazer a ocupação de quatro favelas no Rio.

Os alvos de preocupação dos militares são os morros do Chapadão, Pedreira, Lagartixa e Quitungo, todos a cerca de 1 km do Complexo Esportivo de Deodoro (zona oeste), onde haverá competições de 11 modalidades olímpicas e quatro paralímpicas.

Desde maio, Militares da inteligência do Exército e dos Fuzileiros Navais fazem levantamento fotográfico das comunidades e consultam policiais sobre criminalidade.

Com alto índice de violência, as favelas têm sido palco de grandes confrontos, sendo usadas como “central” de facções criminosas. A tensão na região é tanta que policiais só chegam e deixam a delegacia em comboios para não serem atacados. Durante a madrugada, as delegacias são fechadas para evitar invasões.

A previsão é que até o fim do ano ao menos Pedreira e Chapadão estejam ocupadas pela Polícia Militar.

 

 

Comentários

Mais de Esportes