Esportes

Justiça bloqueia bens de prefeita

diario da manha
Prefeita Mirian Leite Sampaio

A prefeita de Nova Roma, Mi­rian Leite Sampaio (PSDB), teve os bens bloqueados pela Justiça por improbidade administrativa. A decisão, determinada pelo juiz Yvan Santana Ferreira, estabele­ce a indisponibilidade dos bens móveis e imóveis de Mirian, no valor de R$ 350 mil, referentes aos salários pagos ilegalmente no valor de R$ 250 mil, somando ao dano moral coletivo e multa ci­vil, no valor de R$ 50 mil, cada. A prefeita recorrerá da decisão, mas caso seja condenada, a chefe do Executivo poderá ter seus direi­tos políticos suspensos, perder o cargo e ficar proibida de contra­tar com o poder público.

Conforme o promotor Dou­glas Chegury, foram instaurados diversos inquéritos civis públicos com objetivo de apurar a condu­ta da prefeita, que realizou supos­tas contratações ilegais, fraudu­lentas e imorais de pessoas para ocuparem cargos comissionados na prefeitura. Mirian, que foi elei­ta em 2012 e reeleita no ano pas­sado, teria nomeado pessoas para cargos comissionados, por meio de decretos, 150 servidores, os quais preenchiam cargos e fun­ções de atribuições meramente técnicas, sem caráter de asses­soramento, chefia ou direção.

A investigação revelou que a prefeita pretendia, com a no­meação de tantos cargos e fun­ções comissionados, fraudar o dever de realizar concurso e atender a pedidos de emprego de apoiadores políticos, violan­do os princípios constitucionais da obrigatoriedade do concurso público e da estabilidade. (Com informações da assessoria de imprensa do MP/GO)

 

Comentários

Mais de Esportes