Esportes

Promessa do esporte brasileiro montará base de treinos na Europa

diario da manha
Tenista de 19 anos é uma das promessas do esporte nacional(Foto:DIVULGAÇÃO)

O atleta Orlando Luz será o pri­meiro jogador de tênis brasileiro a usufruir de uma parceria formada entre a Confederação Brasileira de Tênis e a BBT Tennis Academy (Barcelona Total Tennis), transfor­mando-a em uma base de trei­namento da entidade na Europa.

Proporcionando suporte téc­nico e financeiro para o atleta que fez sua transição do juvenil para o profissional, a CBT oferecerá con­dições para que possa treinar em um dos melhores centros da Eu­ropa, localizado na cidade de Bar­celona, na Espanha.

O local possui 16 quadras de saibro, uma academia de muscu­lação e fisioterapia. Além disso, os melhores técnicos espanhóis inte­gram o corpo da academia. Den­tre eles, Francis Roig, que junta­mente com Carlos Moyá é um dos técnicos de Rafael Nadal; Jordi Vi­laró, que já treinou um grande nú­mero de atletas de elite como Fe­liciano Lopez, Fernando Verdasco, Tommy Robredo e Anastacia Pa­vlyuchenkova. Também treina no local o português João Sousa, 38º do ranking da ATP.

O brasileiro radicado na Espa­nha e um dos coordenadores téc­nicos da academia, Léo Azevedo, será o técnico de Orlandinho. Ele atuou por oito anos na USTA (Asso­ciação Norte-Americana de Tênis), além de já ter trabalhado na Espa­nha, de 2003 a 2006, na academia de Juan Carlos Ferrero.

“A CBT há muito tempo já ofere­ce um suporte importante na mi­nha carreira, desde o juvenil até este meu primeiro ano de profissional. O ano de 2017 foi de adaptação à carreira profissional, e mais uma vez a CBT comparece para me dar a assistência necessária para que eu possa tentar uma estratégia di­ferente. Através da parceria com a BBT, a CBT está me proporcionan­doumaestruturafantásticanaEuro­pa, sendo que serei o primeiro tenis­ta brasileiro a usufruir deste centro. Isto me dará condições de treinar num dos melhores locais do mun­do, bem como facilitará a minha lo­gísticaparaparticipaçãoemtorneios na Europa”, ressalta Orlandinho, que possui 19 anos e hoje é o joga­dor de número 674 do ranking ATP.

“Estamos ampliando nosso le­que de investimentos. A parceria com a BTT possibilita que a CBT possa dar ainda mais assistência aos principais jogadores do Bra­sil. O Orlando está se propondo a fazer algo diferente na carreira, se dispondo a uma dedicação to­tal na Europa. Vamos dar o supor­te necessário para que ele consiga atingir o máximo do seu potencial. Acredito na proposta de trabalho da BTT, que terá o Leo Azevedo como técnico responsável por este pro­grama. Há um investimento finan­ceiro neste projeto e, mesmo num momento de redução orçamen­tária, a CBT não medirá esforços para que se realize”, explica Rafael Westrupp, presidente da Confe­deração Brasileira de Tênis.

 

tags:

Comentários

Mais de Esportes