Esportes

River Plate pretende tirar Pratto do São Paulo

diario da manha
O atacante argentino Lucas Pratto tem contrato com o São Paulo até janeiro de 2021(foto:divulgação)

Durante o seu período de férias na Argentina, o centroavante Lu­cas Pratto, do São Paulo, passou a ser uma das principais pautas dos programas de debate esportivo do país. O motivo seria o interesse de vários clubes em contar com o fu­tebol do goleador no ano que vem.

O River Plate, a pedido do téc­nico Marcelo Gallardo, seria o mais interessado, mas ainda não fez pro­postas pelo centroavante, que se diz seduzido com a possibilidade de voltar ao seu país natal.

“Se o River pretende negociar, será questão de chamar o São Paulo e conversar. Eu respeito muito o clube, não posso dizer que quero sair, mas obviamen­te seduz o River querer me con­tratar. É um assunto dos clubes e não meu”, afirmou Pratto ao canal TNT Sports, da Argentina.

O que pode seduzir Pratto a trocar de clube é a proximidade com a Copa do Mundo de 2018. O jogador de 29 anos entende que o futebol argentino pode lhe ser­vir como uma vitrine para cha­mar atenção de Jorge Sampaoli, técnico da Argentina.

“Achava que o treinador da se­leção iria olhar mais para o fute­bol brasileiro, mas não foi assim”, contou Pratto, que ainda não foi convocado por Sampaoli. “Gos­taria de ter outra oportunidade. Quando ele estava no Sevilla que­ria me contratar. Mesmo assim, ainda tenho esperanças de que me chame”, avaliou, confiante.

Em fevereiro, o tricolor pagou 6,2 milhões de euros (R$ 20,7 mi­lhões na cotação da época) ao Atlé­tico-MG para comprar 50% dos di­reitos econômicos de Pratto, cujo contrato vai até janeiro de 2021. O centroavanteterminouoanocomo um dos líderes do elenco e artilhei­ro da equipe, com 14 gols.

De acordo com a imprensa lo­cal, o River Plate estaria disposto a desembolsar 10 milhões de dóla­res (cerca de R$ 33 milhões) para ter Pratto em seu plantel em 2018. O presidente do clube argentino, Rodolfo D’Onofrio, reeleito no último fim de semana, prome­teu contratar um centroavante de peso para o time. Assim, há a expectativa de uma proposta ser enviada ao Morumbi em breve.

“Se o São Paulo estiver aberto a negociar, eu também vou colo­car as coisas familiares e esportivas na balança, e verei o que é melhor para mim”, acrescentou o camisa 9. Apesar da fala de Lucas Pratto, a diretoria são-paulina já garan­tiu que não pretende vendê-lo na próxima janela de transferências

 

Comentários

Mais de Esportes