Esportes

Jogador que espancou gandula pede perdão e diz: "Não sou esse Jeferson"

diario da manha

O jogador Jeferson Reis, que espancou o gandula Tadeu Francisco no último domingo (19/02) durante a partida entre Operário e Comercial, pelo Campeonato do Mato Grosso do Sul, disse que está arrependido e pediu perdão.

“Estou muito chateado. Meu pai sofre muito com isso. Chora toda vez que falo com ele. Minha família está sofrendo com isso. Vejo comentários me chamando de marginal, que deveria ser preso. Só queria mostrar para o povo que não sou esse Jeferson que estão vendo. Todo mundo erra. Peço desculpas ao gandula, para família dele. Para todo mundo que viu”, disse o atleta em entrevista à EPTV, afiliada da Rede Globo.

O gandula Tadeu, que teve o nariz quebrado, respondeu o jogador. “Eu perdoo sim. O perdão é o melhor remédio para acabar com a mágoa no coração”, disse em entrevista ao UOL.

Aos 22 anos,  Jeferson teve seu contrato com o Operário rescindido no dia seguinte. Desde o incidente, o atleta deixou Campo Grande e preferiu ficar junto de sua família, em São Paulo. (Foto: Reprodução Globo local)

Comentários

Mais de Esportes