Esportes

Hora de provar a reformulação

diario da manha
Técnico Claudio Tencati conversa com jogadores que devem formar o time titular na estreia da Série B(FOTO:PAULO MARCOS/ATLÉTICO C.G)

Acabou a espera para o tor­cedor rubro-negro. Depois de 23 dias, 10 contratações e oito dispensas, o Atlético voltará a campo em partida oficial na noite de hoje. O duelo contra o Criciúma, às 20h30 no Estádio Olímpico, é vá­lido pela primeira rodada do Cam­peonato Brasileiro Série B. A última lembrança do time na competição foi na campanha do título na tem­porada de 2016. O Dragão volta a disputar a segunda divisão nacio­nal após ser rebaixado no último ano como lanterna.

A principal incógnita para a es­calação titular é o atacante Tito, que depende de liminar da Justiça des­portiva após o clube não ter sido no­tificado sobre o julgamento acerca da expulsão do centroavante, na Copa do Brasil. O lateral-direito Alis­son deve estrear logo como titular, no lugar de Jonathan. O meia João Paulo também seria titular na pon­ta, mas não foi regularizado a tempo – Cristhyan deve atuar na posição.

Em disputas como a Série B, de pontos corridos, o primeiro jogo tem o mesmo valor da 38ª e últi­ma rodada: três pontos. Apesar dis­so, o grau de importância e decisão aumenta na medida em que o fim fica mais próximo. Porém, o técni­co Claudio Tencati espera come­çar com vitória, mesmo que não seja com desempenho satisfatório.

“Eu vou me preocupar mais com os três pontos. O desempenho da equipe pode ter oscilações, talvez não ser aquilo que a gente espera. Pode ser que isso aconteça, mas que a vitória venha. A gente vive um mo­mento de necessidade pela vitória, para nos dar confiança e tranquili­dade diante do que fizemos na in­tertemporada. Além disso, que dê tempo para utilizarmos quem che­gou para nos fortalecer”, opinou o técnico Claudio Tencati.

O treinador do rubro-negro che­gou ao clube neste ano, depois de comandar o Londrina por quase sete anos. Entre os motivos que pos­sibilitou no trabalho mais longín­quo do futebol estão as boas cam­panhas na Série B do Campeonato Brasileiro. Em 2016, o Tubarão ter­minou na 6ª colocação geral, en­quanto na última temporada bateu na trave – 5ª posição, a primeira en­tre os times que não sobem. Neste ano, Tencati espera, enfim, conse­guir o sonhado acesso.

CRICIÚMA

A equipe carvoeira é treinada por Argel Fucks, conhecido do futebol goiano por ter comandado o Goiás em 2017. Para o duelo contra o Dra­gão, o técnico do Criciúma não terá o zagueiro Fábio Ferreira, lesionado, além do volante Barreto, em fase de transição do Departamento Médi­co para os treinamentos.

Comentários

Mais de Esportes