Esportes

Para suprir a carência do “homem-gol”

diario da manha
Atacante marcou oito gols pelo Brasil de Pelotas na Série B do ano passado. Dois deles em cima do Vila Nova(FOTO:DOUGLAS MONTEIRO/VILA NOVA F.C)

O centroavante Lincom foi apresentado, na tarde de ontem, no Onésio Brasilei­ro Alvarenga. Dos 10 jogadores já contratados para a Série B, ele é o quarto já regularizado junto à CBF. Nas palavras do Presidente do Vila, Ecival Martins, que co­mandou a apresentação, Lincom é “o homem gol que fez falta ao Tigre no ano passado”.

No ano passado o centroavan­te defendia a camisa do Brasil de Pelotas. Foram oito gols marca­dos na Série B pelo clube gaúcho e dois deles contra o Vila. Ou seja, de antigo carrasco Lincom pas­sou a ser esperança de gols para o ataque colorado.

“Eu não fujo da responsabili­dade, a minha função é fazer gols. Em todo clube que eu joguei sem­pre fui considerado como um jo­gador de referência, aquele que precisa sempre finalizar. Fui con­tratado para isso e preciso fazer va­ler o voto de confiança do presi­dente. Não posso falar sobre o que aconteceu no ano passado, até porque eu não estava aqui. Mas de agora para frente vou fazer o máximo para dar alegrias ao tor­cedor do Vila”, destacou o jogador.

Lincom já vem treinando no time titular, até porque Ramon, atual artilheiro do colorado na temporada, está em fase de tran­sição, após lesão muscular. Sen­do assim, o recém-chegado deve fazer sua estréia com a camisa do Tigre já no próximo sábado (14), quando o Vila recebe o Avaí no Serra Dourada, pela rodada inaugural da Série B.

ALAN MINEIRO

Nos últimos dias tem se in­tensificado a notícia de que o meia Alan Mineiro já estaria com o seu retorno ao Vila confirma­do. Principal jogador do colo­rado na Série B do ano passa­do, Alan atualmente pertence ao Fortaleza, mas não tem sido muito aproveitado no clube nor­destino. Apesar de tanto o Ti­gre, quanto o atleta desejarem a transferência, a situação ainda não está resolvida. Isso porque o Fortaleza ainda não concordou com a saída do jogador, que as­sinou um contrato de dois anos.

O presidente do Vila, Ecival Martins falou sobre o assunto na tarde de ontem. O dirigen­te explicou que para que a si­tuação se resolva Alan preci­sa entrar em um acordo com a diretoria do Fortaleza para conseguir sua liberação.

“O que o Vila poderia fazer em relação à situação do Alan Mineiro já foi feito. Agora precisamos man­ter o respeito ao Fortaleza, falta o atleta entrar em um acordo com o clube nordestino e nisso nós não vamos nos meter. O Vila está em uma situação de aguardar a defi­nição. Mas é claro, já avisamos ao jogador que temos um prazo, um limite máximo para poder esperar essa resolução. Se não der certo a contratação do Alan vamos pro­curar uma outra alternativa ”, afir­mou o presidente.

 

Comentários

Mais de Esportes