Esportes

As principais corridas de rua em Goiás no segundo semestre

diario da manha

A gente vive na maior correria no dia a dia, mas o ato de correr, de fato, é exatamente o que pode nos desacelerar e relaxar. Você começa com pequenos passos e de repente vicia, avança no ritmo e quer aumentar os desafios. Quem é fã do esporte não pode perder as principais corridas de rua que vão acontecer em Goiás até o final do ano, seja pela medalha ou pela diversão!

As corridas caem cada vez mais nas graças dos goianos, que já estão comparecendo em peso nas provas pelo estado. Esse nicho de mercado aqueceu tanto nos últimos anos, que surgiram até academias especializadas em corredores. Além disso, há circuitos imensamente variados, incluindo eventos temáticos pra lá de divertidos!

Anote as principais competições agendadas para o segundo semestre em Goiás:

Julho

21: Pirenópolis – Bora Viver – Trail Run 2019 – 18/5km

27: Goiânia – Novo Desafio Bope – Corrida Rústica – 5km

Agosto

4: Cocalzinho de Goiás – Corridas de Montanha – Etapa Pireneus 20/12/6km

4: Rio Verde – 3° Corre Rio Verde – 8km

11: Goiânia – Santander Track&Field Run Series – Setor Marista – 15/10/5km

25: Goiânia – 8ª Maratona de Goiânia Em Movimento – 42/21/10/5km

25: Valparaíso de Goiás – Corrida do Colégio Militar – 5km

Setembro

7: Planaltina – 2ª Caminhada e Corrida da Independência – 5km

7: Santo Antônio do Descoberto – Corrida de 7 de Setembro – 6km

Outubro

27: Goiânia – Unimed Meia Maratona de Goiânia 2019 – 21/16/10/5km

Novembro

10/11/2019 – Santo Antônio do Descoberto – 3º Desafio Cross – 5km

Dezembro

15: Santo Antônio do Descoberto – Corrida das Torcidas – 5,7km

Como se preparar para as corridas

Vale lembrar que antes de competir é preciso se preparar. Além de investir em um tênis esportivo confortável e roupas adequadas, é fundamental ter mais atenção quanto alimentação e hidratação. As necessidades nutricionais em energia (calorias) e quantidades de macronutrientes e micronutrientes variam de acordo com vários fatores (gênero, modalidade, distância, intensidade), mas alguns cuidados são comuns.

Independente das distâncias ou terrenos (5km, 10km, 21km ou 42km) é fundamental prevenir alterações gastrointestinais, desidratação e riscos à saúde, chegar no dia da competição com seus “estoques completos” e imunidade preservada, garante bom desempenho.

Estratégias Nutricionais no dia que antecede a competição/treino especial

1. Evite a utilização de alimentos crus, integrais, frutas ou alimentos laxativos um dia antes da competição. Um dia antes à competição não utilizar alimentos integrais, folhas cruas; brócolis/ repolho/ couve-flor/ pimentão (podem dificultar a digestão e produzir gases); frutas laxativas (mamão/ laranja/ ameixa seca/ tangerina); comida japonesa; alimentos fritos, cremosos e gordurosos. Evite qualquer alimento que possa oferecer risco de contaminação ou desconforto gastrointestinal.

2. Em provas de 5km, 10km ou duração abaixo de 2 horas aumente a ingestão de carboidratos (pelo menos 8g carboidratos/kg peso) 24 horas antes à competição, com objetivo de aumentar o armazenamento de glicogênio muscular.

Os estoques de glicogênio muscular duram entre 60 a 90 minutos dependendo da intensidade do treino/ prova. Portanto, atividades acima de 1 hora precisam de reposição de carboidratos durante a prática.

Dietas com quantidade reduzida de carboidratos têm apresentado uma inclinação à fadiga precoce, baixa da imunidade e falta de rendimento durante treinos.

3. Evite a ingestão de bebida alcoólica. Aumenta o risco de desidratação, pode acarretar hipoglicemia, relaxar a musculatura, prejudicar o desempenho das habilidades motoras e retarda a recuperação muscular.

4. Atenção a ingestão de água, em torno de 3 a 4 litros para armazenamento e iniciar a competição com conteúdo completo. A preocupação com a hidratação antes, durante e após a atividade física é fundamental para a preservação do nosso sistema imunológico.

tags:

Comentários

Mais de Esportes