Esportes

Brasil é eliminado pelos Estados Unidos do Mundial de Basquete da China

Seleção terminou entre as 16 melhores e garantiu vaga em um dos pré-olímpicos de Tokyo, em junho do próximo ano

diario da manha
Foto: Reprodução/FIBA

A seleção brasileira foi eliminada nesta segunda-feira (9/9) do Mundial de Basquete da China pelos Estados Unidos por 89 a 73. A equipe canarinha até tentou, mas os erros nos ataque, impediram que o Brasil quebrasse a invencibilidade dos americanos, que agora estão há 48 jogos sem perder. Com a vitória dos Estados Unidos, a Grécia também avançou para segunda-fase da competição pelo Grupo K.

Os jogadores brasileiros saíram de quadra reclamando bastante da arbitragem. Durante o segundo quarto, o técnico croata Aleksandar Petrovic, cometeu duas faltas técnicas e foi expulso da partida, pois invandiu a quadra para reclamar.

Além do treinador, Leandrinho que teve a mesma postura para reclamar de duas faltas, também foi excluído do jogo. O melhor pontuador da seleção brasileira foi Anderson Varejão com 14 pontos, sete rebotes e três assistências.

Em seu melhor jogo Benite marcou 21 pontos, Leandrinho por sua vez fez os mesmos 14 pontos que Varejão. Pelos Estados Unidos o melhor em quadra foi Kemba Walker com 16 pontos, mesma pontuação de Myles Turner, com oito rebotes. Barnes foi outro destaque da seleção norte-americana com 10 pontos anotados.

Derrota para a República Tcheca no Mundial de Basquete da China foi a mais dolorida para os brasileiros

O Brasil deixa o Mundial da China com três vitórias sobre Nova Zelândia, Grécia e Montenegro e duas derrotas para os Estados Unidos e República Tcheca respectivamente na segunda fase do torneio.

A derrota para os Tchecos foi a mais dolorida para o Brasil, pois uma vitória no jogo contra a República Tcheca teria garantido a vaga para as quartas de finais do Mundial. Argentina e Estados Unidos são os representantes das Américas na próxima fase do torneio.

Mesmo com a derrota o Brasil segue com chances de estar nas Olimpíadas de Tokyo no próximo ano. A equipe brasileira terminou o mundial entre as 16 melhores seleções do mundo e conquistou uma vaga em um dos pré-olímpicos mundiais, em junho do próximo ano. Ao todo vão ser 24 seleções, distribuídas em quatro grupos de seis e apenas o campeão de cada torneio conquista uma vaga entre os 12 para as olimpíadas de Tokyo.

*Com informações do Globoesporte.com

Comentários

Mais de Esportes