Esportes

Tite divulga lista de convocados para amistosos da seleção em outubro com novidades

Amistosos serão disputados nos dias 10 e 13 de outubro, em Singapura

diario da manha
Foto: Reprodução

O técnico Tite divulgou na manhã desta sexta-feira (20/9) a lista de convocados para os próximos compromissos da seleção brasileira, nos dias 10 e 13 de outubro contra Senegal e Nigéria, em Singapura.

A lista do treinador trouxe novidades como o goleiro Santos campeão da Copa do Brasil pelo Atlhético Paranaense, o jovem Matheus Henrique do Grêmio e Renan Lodi do Atlético de Madrid.

A lista divulgada na manhã de hoje conta também com alguns retornos, como são os casos do zagueiro Rodrigo Caio e do atacante Gabriel Barbosa, Gabigol, ambos do Flamengo.

O treinador afirmou durante a coletiva de imprensa que não é possível no momento um desafio com uma equipe de nível maior, em função do calendário e criticou que afirmou que o nível dos duelos com Colômbia e Peru. “O nível do enfrentamento com as duas seleções dos últimos amistosos não é baixo, eu não aceito esse conceito”, pontuou o treinador.

Conforme o comandante da seleção brasileira, alguns jogadores que voltaram a ser convocados novamente, fizeram por onde. Casos de Rodrigo Caio e Gabigol do Flamengo. Em relação ao atacante rubro-negro, o treinador afirmou que não é preciso muito, que a temporada que ele fez até aqui o credenciou para estar na lista de convocados.

Confira a lista de convocados:

GOLEIROS: Ederson (Manchester City), Santos (Athlético Paranaense), Weverton (Palmeiras)

LATERAIS: Daniel Alves (São Paulo), Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Renan Lodi (Atlético de Madrid)

DEFENSORES: Éder Militão (Real Madrid), Marquinhos (PSG), Rodrigo Caio (Flamengo), Thiago Silva (PSG)

MEIO-CAMPISTAS: Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Lucas Paquetá (Milan), Matheus Henrique (Grêmio), Philippe Coutinho (Bayern de Munique)

ATACANTES: Éverton (Grêmio), Firmino (Liverpool), Gabriel Barbosa (Flamengo), Neymar (PSG), Richarlison (Everton) e Gabriel Jesus (Manchester City)

Comentários

Mais de Esportes