Esportes

Campeão do dragão de 1947 é homenageado no ‘Accioly’

Roberto Salvador da Costa e Silva, hoje com 90 anos de idade, graduado em Direito, emocionou o Estádio Antônio Accioly, na última terça-feira, dia 5 de novembro de 2019, 18h45

diario da manha

Renato Dias

Center-alfe, uma expressão criada pelo futebol inglês, adaptada no Brasil, uma espécie de segundo volante, no Tempo Presente, do Atlético Clube Goianiense, campeão no timaço de 1947, Roberto Salvador da Costa e Silva, hoje com 90 anos de idade, graduado em Direito, emocionou o Estádio Antônio Accioly. Na última terça-feira. Dia 5 de novembro de 2019: 18h45 

Adson Batista, presidente do rubro-negro da Campininha das Flores, lhe entregou uma camisa oficial da agremiação esportiva, que permanece em terceiro lugar no G-4. O Grupo de Acesso da Série B rumo à elite do futebol nacional. Além de uma placa. Pelos serviços históricos prestados aos apaixonados pela equipe. Sob  lágrimas e uma forte comoção. Da arquibancada.

Perfil histórico

Roberto Salvador da Costa e Silva é ex-vice-presidente da Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de Goiás. Ele trabalhou na Folha de Goyaz. Dos Diários Associados. De propriedade à época de Assis Chateaubriand. O Chatô. Barão da comunicação. Assim como atuou na Rádio Anhanguera. É pai de José Eduardo, ex – repórter esportivo, e avô da bela & cult Yael Setmayer.

O ato, simbólico, foi costurado pelo ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, deputado estadual por quatro mandatos, governador do Estado interino em duas oportunidades históricas, ex-prefeito de Catalão, médico e produtor rural, Jardel Sebba. Com o suporte de Gustavo Sebba, deputado estadual no exercício do segundo mandato e médico.


Comentários

Mais de Esportes