Esportes

Bayern de Munich é campeão da Champions League

Coman marcou o gol da vitória que garantiu mais um título de Uefa Champions League para o time alemão

diario da manha
Foto: Reprodução

Um jogo para entrar para história, é assim que pode ser encarada a final da Uefa Champions League desta temporada, decidida entre Bayern de Munich e PSG em Lisboa na tarde deste domingo (23/8). O jogo foi bastante disputado, mas a tradição do Bayern fez a diferença e com a vitória pelo placar de 1 a 0, o time alemão se sagrou campeão da Champions desta temporada.

A partida começou bem disputada com o Bayern de Munich tentando mostrar a sua força, e a primeira chegada do time alemão aconteceu aos 5′ da etapa inicial, após Lewandowski rolar para Thiago Alcántara chegar batendo e isolar a bola.

Os alemães tentavam chegar, mas sem muito perigo, a partir daí foi a vez do PSG entrar no jogo e tentar explorar a velocidade de Neymar e M’Bappé. Com isso aos 13′ M’Bappé puxou o contra ataque pela esquerda, tocou para Bernat passando, que tentou cruzar mas a zaga afastou mal e caiu nos pés de M’Bappé que tentou o chute, mas parou na defesa do Bayern.

Uma das melhores chances do PSG foi nos pés do brasileiro Neymar, que recebeu dentro da área e tentou o chute entre as pernas do goleiro Neuer que defendeu, a bola voltou para Neymar que buscou Dí Maria dentro da área, mas Neuer com a perna salvou o time alemão mais uma vez.

O time francês crescia dentro do jogo, e o Bayern para não deixar a equipe do PSG crescer ainda mais dentro de campo, assustou a equipe francesa aos 21′, Lewandowski recebeu dentro da área, girou para sair da marcação e bateu para o gol, Navas tentou chegar, mas a bola carimbou a trave.

Depois do time alemão assustar, o PSG contou com Neymar para puxar o contra-ataque, e achar Di Maria dentro da área, o argentino tocou para Herrera que vinha de trás, e o companheiro inteligente devolveu para Di Maria que na frente do goleiro Neuer isolou.

O Bayern de Munich tentava chegar, mas pecava no último passe, com isso o PSG aproveitava as chances e aos 27′ Kehrer foi derrubado e a falta assinalada pela arbitragem. Após a cobrança de falta de Neymar, a zaga do time alemão afastou, e a bola sobrou nos pés de Ander Herrera que arriscou de fora, a bola desviou e saiu pela linha de fundo.

Os bávaros por sua vez tentaram pressionar o time francês em seguida, Gnabry cruzou para dentro da área, Goretzka tentou cabecear, e ainda contou com um desvio do zagueiro Kimpembe, Lewandowski entre dois adversários conseguiu cabecear a bola, mas Navas apareceu novamente para salvar o PSG.

Os franceses por pouco não abriram o placar nos minutos finais do primeiro tempo, o PSG pressionou e M’Bappé recebeu a bola de graça do adversário, o atacante encontrou Herrera invadindo a área, e recebeu de volta do companheiro, M’Bappé arriscou, mas o chute saiu fraco e ficou fácil para a defesa de Neuer.

Coman marcou o gol do título do Bayern na final da Champions League

O jogo na segunda etapa começou mais pegado, com as duas equipes tentando abrir o marcador e com mais faltas. O PSG tentou sair no contra ataque, mas acabou perdendo a chance, na sequência Kimmich recebeu na entrada da área e alçou a bola na área, Coman apareceu sozinho para cabecear e abrir o placar para o Bayern de Munich 1 a 0.

Com o gol o time alemão cresceu no jogo e por pouco não ampliou, mais uma vez um cruzamento pela direita e buscando Coman na outra ponta, que chegou batendo, mas o capitão Thiago Silva estava lá para salvar o time francês e evitar o segundo gol do Bayern.

Aos 21′ da etapa complementar o PSG trabalhou a bola, e Neymar encontrou Di Maria pela ponta esquerda, o argentino ergueu a cabeça e cruzou buscando M’Bappé que tentou desviar, mas a bola ficou nas mãos do goleiro Neuer.

Marquinhos recebeu dentro da área de Di Maria e tentou o chute, mais uma vez o Manuel Neuer com a perna apareceu para salvar os alemães e evitar o gol de empate do PSG.

Nos minutos finais o PSG chegou com chances de marcar, Choupo-Moting recebeu na entrada da área e tentou bater, a bola desviou e sobrou com M’Bappé que tentou o gol de empate, mas Neuer mais uma vez apareceu para defender. No entanto, o bandeirinha já marcava a posição irregular do atacante francês.

O Bayer de Munich teve a chance, mas a marcação tirou, e o PSG armou o contra-ataque, M’bappé recebeu e encontrou Neymar dentro da área, o brasileiro tentou encontrar Choupo-Moting dentro da área, mas a bola cruzou toda a extensão da área e saiu pela linha de fundo.

Com destaques para as atuações do goleiro Neuer, do meia Thiago Alcántara, e com o gol de Coman, o Bayer de Munich venceu e conquistou sua sexta Uefa Champions League na sua história.

Escalação:

PSG: 1 – Kaylor Navas, 4 – Kehrer, 2 – Thiago Silva (c), 3 – Kimpembe, 14 – Julian Bernat (20 – Kurzawa), 21 – Herrera (23 – Draxler), 5 – Marquinhos, 8 – Paredes (6 – Verrati), 10 – Neymar, 7 – M’Bappé e 11 – Dí Maria (17 – Choupo-Moting).

Técnico: Thomas Tuchel

Bayern de Munich: 1 – Neuer (c), 32 – Kimmich, 17 – Boateng (4 – Sülle), 27 – Alaba, 19 – Davies, 6 – Thiago Alcántara( 24 – Tolisso), 18 – Goretzka, 25 – Müller, 22 – Gnabry (10 – Gnabry), 29 – Coman (14 – Perisic) e 9 – Robert Lewandowski.

Técnico: Hans-Dieter Flick

Cartões Amarelos: Bayern de Munich: Davies, Gnabry, Sülle, Thomas Müller; PSG: Paredes, Neymar, Thiago Silva, Kurzawa.

Cartões Vermelhos:

Árbitro: Daniele Orsato (ITA) Auxiliares: Lorenzo Manganelli (ITA) e Alessandro Giallatini (ITA). Quarto árbitro: Ovidiu Haţegan ROU.

Árbitro de Vídeo (VAR): Massimiliano Irrati ITA

Comentários