Esportes

Flamengo bate Del Valle e garante vaga nas oitavas da Libertadores

diario da manha

Duas semanas após perder pelo placar de 5 a 0 para o Independiente Del Valle do Equador, o Flamengo voltou a reencontrar o algoz, na noite desta quarta-feira (30/9) no Estádio do Maracanã, e diferente do jogo de duas semanas, o time carioca venceu o adversário pelo placar de 4 a 0 e garantiu sua vaga nas oitavas de finais da Libertadores da América.

Com o início de jogo mais com a cara do Flamengo, o time carioca chegou em duas ocasiões, fazendo com o que o goleiro equatoriano trabalhasse bastante nos primeiros cinco minutos de jogo. O Del Valle só conseguiu chegar após os cinco minutos, e fazer o goleiro Hugo Souza trabalhar para fazer a defesa em dois lances.

Aos 8′ da primeira etapa o lateral esquerdo, Ramon, do Flamengo fez a jogada de ultrapassagem e recebeu o passe do atacante Licoln invadindo a área, o lateral deu o corte no marcador e tocou para De Arrascaeta que bateu desequilibrado e a bola saiu pela linha de fundo.

Dois minutos depois o time equatoriano voltou a chegar com perigo, após virada de jogo, o atacante equatoriano invadiu a área, mas Ramon apareceu para fazer a parede e evitar o chute do adversário. O Del Valle chegou duas vezes na sequência, e na primeira o goleiro Hugo Souza apareceu para trabalhar, na segunda chance o meia equatoriano bateu e a bola passou ao lado do gol defendido pelo goleiro Hugo.

A resposta do Flamengo veio em seguida, Gerson tocou para Arrascaeta que com o drible de corpo deixou a marcação para trás e cruzou para Licoln dentro da área que cabeceou e a bola passou com perigo ao lado do gol defendido pelo goleiro Pinos.

Aos 17′ a equipe equatoriana tentou chegar na base do chutão, o zagueiro do Flamengo cortou e a bola caiu nos pés do meia uruguaio Arrascaeta que apenas rolou para Gerson que bateu, mas contou com um desvio da zaga para colocar a bola para escanteio e salvar o time adversário.

Aos 24′ da primeira etapa Ortiz cobrou falta tirando da barreira, mas o goleiro Hugo Souza defendeu. Na sequência do lance, o Flamengo partiu para o ataque, Gabigol não conseguiu o domínio e a bola sobrou com Matheuzinho que cruzou para Licoln abre o placar para o time carioca 1 a 0.

Aos 31′ depois de bate e rebate na defesa, Licoln conseguiu afastar e entregar para Arrascaeta que lançou Gabigol, o atacante saiu sozinho na frente do gol, ergueu a cabeça e só rolou para Pedro ampliar o placar 2 a 0.

Aos 40′ da etapa inicial Moíses Caicedo recebeu dentro da área, a marcação chegou a atrasada e o atacante rolou para Guerrero que tentou bater para o gol, mas o goleiro Hugo Souza apareceu para defender e evitar o gol do Indepediente Del Valle.

Bruno Henrique marca duas vezes e carimba vaga do Flamengo para as oitavas

Aos 5′ da etapa complementar Bruno Henrique tocou para Ramon que cruzou para Arrascaeta que bateu para a defesa do goleiro Pinos, mas no rebote o atacante rubro-negro encheu o pé para fazer 3 a 0 para o atual campeão da Libertadores.

O Del Valle só chegou novamente para assustar o time do Flamengo, aos 15′ da etapa complementar, Ortiz recebeu dentro da área, bateu mas o zagueiro Natan apareceu para desviar, a bola ainda tocou em Ortiz e saiu pela linha de fundo.

Aos 17′ o Flamengo voltou a chegar, Arrascaeta ficou com a bola e abriu o espaço para bater pro gol, a bola teve um desvio e o goleiro Pinos por pouco não tomou um frango para fazer a defesa e colocar a bola para escanteio.

O Del Vale voltou a chegar aos 22′ da etapa complementar, após tabela entre Torres e Montaño, e saiu na cara do gol que bateu para a defesa do goleiro Hugo Souza.

Enquanto o Del Vale tentava pressionar para diminuir a vantagem, o Flamengo contou com Hugo Souza, e na sequência Arrascaeta encontrou Bruno Henrique na ponta esquerda sozinho, o atacante apenas tocou para o lado tirando do goleiro adversário e bateu para fazer 4 a 0.

Com a vitória pelo placar de 4 a 0, o Flamengo conquistou de forma antecipada a classificação para as oitavas de finais da Libertadores da América.

Escalação:

Flamengo: 24 – Hugo Souza, 34 – Matheuzinho (40 – Isla), 32 – Gabriel Noga, 31 – Natan, 36 – Ramon, 18 – Thiago Maia (10 – Diego), 8 – Gerson, 14 – De Arrascaeta, 9 – Gabigol (27 – Bruno Henrique), 21 – Pedro (19 – Michael) e 29 – Licoln (33 – Guilherme Bala).

Téc: Jordi Guerrero

Independiente Del Valle: 30 – Pinos, 4 – Landazuri, 5 – Schunke, 2- Segovia, 17 – Preciado, 16 – Pellerano (9 – Montaño), 8 – Faravelli, 6 – Moíses Caicedo, 20 – Ortiz (11 – Sánchez), 7 – Gabriel Torres (27 – Chávez) e 23 – Guerrero (3 – Pablo Alvarado).

Técnico: Miguel Ángel Ramirez

Árbitro: Fernando Rapallini (Arg)

Cartões Amarelo: Indepediente Dell Valle: Gabriel Torres, Guerrero, Alvarado Flamengo: Gabriel Noga

Cartões Vermelho:

Comentários