Esportes

Discussão entre Bruno Henrique e Ramirez mostra racismo e xenofobia em Flamengo x Bahia

Discussão entre Bruno Henrique e Índio Ramirez também é analisada pelo STJD

diario da manha
Foto: Reprodução

O jogo que terminou com a vitória do Flamengo sobre o Bahia por 4 a 3 na última rodada da Série A, ganhou mais um novo capítulo no caso da denúncia de racismo feita pelo meia Gerson contra o meia colombiano Índio Ramirez do Bahia.

Dessa vez com imagens há uma discussão entre o atacante Bruno Henrique e o meia colombiano. O momento do entrevero entre os dois jogadores, foi logo após o problema com o meia Gerson, que ao final do jogo deixou bem claro que foi vítima de uma injúria racial.

As imagens foram divulgadas pelo Flamengo e mostram a discussão de Bruno Henrique com o colombiano. O time rubro-negro inclusive contratou especialistas para fazerem a leitura labial no momento da discussão. E durante a análise eles foram capaz de identificar a injúria racial por parte do meia do Bahia e também um caso de xenofobia praticado por Bruno Henrique.

Em discussão no duelo contra o Bahia, Bruno Henrique fala para outro atleta adversário “Eu também sou negro rapaz”

Além da discussão de Bruno Henrique com o Ramirez, o atacante rubro-negro também discutiu no momento com outros jogadores do Bahia, entre eles o meia Daniel e o lateral-direito Nino Paraíba. Em um dos momentos da discussão é possível fazer a leitura labial do que Bruno Henrique fala para os outros atletas “Eu também sou negro rapaz”.

O meia Gerson depois sobre o caso na última terça-feira (22) e o Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pediu as imagens da transmissão para analisar o caso, e identificar em que momento há de fato a injúria racial e assim apurar o crime denunciado pelo meia Gerson.

O árbitro do jogo e o ex-técnico do Bahia, além das comissões técnicas dos dois times e jogadores ainda serão ouvidos no inquérito policial que apura o crime de injúria racial. Enquanto isso, o Bahia afastou o meia das atividades do clube e logo em seguida divulgou um vídeo no qual Ramirez nega as acusações feitas por Gerson.

Comentários