Esportes

Santos joga melhor, mas fica no 0 a 0 com Boca Juniors na Bombonera

diario da manha
Luan Peres disputa bola com Carlos Tevez durante Boca Juniors x Santos pela Libertadores Imagem: Marcelo Endelli/Getty Images

Santos e Boca Juniors empataram pelo placar de 0 a 0, nesta quarta (6), no estádio La Bombonera, em Buenos Aires, Argentina. E o primeiro jogo de ida, valido para semifinal da Copa Libertadores.

Com o empate a decisão será na Vila Belmiro. Jogo de volta será na próxima quarta feira (13), Quem vencer a vai para a final da competição, mas o empate com gols dá a classificação para os argentinos e se a partida terminar em 0 a 0 vai para os pênaltis.

Primeiro tempo

O primeiro tempo começou bem equilibrado, com os dois times brigando muito no meio campo, mas tinham dificuldades para finalizar. Os goleiros tiveram pouca participação na partida que acabou no empate de 0 a 0 na Bombonera.    

Santos melhor

O segundo tempo começou com o Boca partindo para o ataque obrigando o goleiro John a fazer uma grande defesa, após chute forte de Salvio.

Imediatamente o Peixe deu a resposta com Felipe Jonatan que passou pelo marcador finalizando cruzado para a defesa de Andrade. Porém o árbitro cancelou o lance após pegar o toque de mão do santista.  

O time santista continua pressionando os argentinos, com Sandry que arriscou na entrada da área, mas a bola subiu muito. Marinho também teve oportunidade após pegar sobra na entrada área, mas pegou mal  na bola facilitando a defesa de Andrada.

Aos 19 minutos, Kaio Jorge chuta colocado na entrada da área e a bola acaba passando por cima do gol de Andrada. Aos 26, Téves ganhou a disputa de bola com Lucas Veríssimo e parte para o ataque, chegando a bater colocado para o gol, mas acaba jogando para fora.

Nos minutos finais teve um lance polêmico em que Marinho sofreu toque de Izquierdoz dentro da área e o juiz não marcou o pênalti e nem quis consultar o VAR. Terminando o jogo em 0 a 0, deixando o a decisão para Vila Belmiro.

Escalações:

Boca: Andrada; Jara, Lisandro López, Izquierdoz e Fabra; Capaldo e Diego González; Salvio, Tévez e Villa; Soldano.

Técnico: Miguel Angel Russo

Santos: John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Soteldo; Lucas Braga, Marinho e Kaio Jorge.

Técnico: Cuca

Árbitro: Roberto Tobar

Cartão amarelo: Boca: Villa

Comentários