Esportes

CBF não pretende modificar datas do Brasileirão

Entidade crê que seja possível as equipes jogarem os estaduais e o nacional simultaneamente, mas assunto é tratado com cautela

diario da manha
Séries A, B, C e D começam no fim de maio (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

O calendário do Brasileirão 2021, que começa no fim de maio, não será modificado. Por enquanto essa é a decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) mesmo com a paralização de diversos campeonatos estaduais por conta do agravamento da pandemia no Brasil.

Membros da entidade creem que as partidas pendentes dos estaduais podem ser disputadas junto com os jogos do Campeonato Brasileiro, como ocorreu com o Goianão 2020.

A decisão é tratada com cautela na CBF já que, para os diretores da confederação, o problema pode ficar maior se a retomada dos torneios estaduais demorarem mais do que os dirigentes das federações estaduais preveem.

O calendário brasileiro vem sendo adaptado desde o ano passado, quando a Organização Mundial da Saúde declarou o surto de Covid-19 como pandemia. Por conta da paralização que aconteceu em março do ano passado, os dois principais campeonatos promovidos pela CBF, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, terminaram em 2021.

As datas previstas para o início das quatro divisões do futebol brasileiro são: 26 de maio para a Série D, dia 29 para as Série B e dia 30 para a primeira e terceira divisão.

Comentários