Esportes

Com show de Vanilson, Manaus vence com facilidade e elimina Jaraguá da Copa do Brasil

Vanilson, ex-Goianésia, brilha com três gols e uma assistência e ajuda a equipe manauara avançar à segunda fase da competição

diario da manha
Ex-Goianésia assombrou a defesa do Jaraguá (Foto: Bruno Corsino/Manaus FC)

A estreia do Jaraguá na Copa do Brasil não foi da forma que a torcida imaginava. No Laranjão, em Nova Iguaçu, região metropolitana do Rio de Janeiro, o Gavião da Serra encarou o Manaus pela primeira fase do torneio e perdeu por 4×1. Guilherme Amorim e Vanilson, que atuava no Goianésia até fevereiro deste ano, marcou três vezes e ajudou o Gavião do Norte a conquistar a vitória. João Paulo diminuiu para a equipe goiana.

Com a derrota, o Jaraguá se despede da competição em sua primeira participação. Por ter jogado a primeira fase, os goianos recebem R$ 500 mil. O Manaus, que também recebeu meio milhão de reais, embolsou mais R$ 615 mil por ter avançado. O Bahia será o adversário da equipe manauara na segunda fase do campeonato.

O Manaus começou o jogo mostrando para o que veio. Com 11 minutos, Vanilson tabelou na entrada da área e recebeu livre para mandar para o gol. O chute desviou na defesa e matou o goleiro André Luiz antes de morrer no fundo do gol.

Com a vantagem dupla no placar, já que o empate também era resultado positivo para a equipe do Amazonas, o Manaus passou a cozinhar mais o jogo, rodando a bola. O Jaraguá, que sofreu com a falta de inspiração dos seus jogadores, pouco fez. O empate veio aos 25 com João Paulo, que aproveitou que a defesa amazonense afastou mal a cobrança de escanteio e mandou no canto para igualar o placar.

O Gavião da Serra até tentou sair mais para o jogo, mas errava muitos passes e esbarrava na falta de poderio ofensivo e criatividade. O Manaus, sem fazer muito esforço chegou ao segundo gol novamente com Vanilson, que completou o cruzamento de Philip.

Com a vantagem no placar, os amazonenses novamente só precisaram rodar a bola, enquanto o Jaraguá, quando tinha a posse, não levava riscos ao gol de Rafael Pitanga. Quando forçavam, os manauaras chegavam com tranquilidade ao ataque e assim marcaram o terceiro com Vanilson que, bem colocado, só teve o trabalho de empurrar para o gol o cruzamento rasteiro. Guilherme Amorim ainda teve tempo para marcar o quarto do Manaus já no fim da partida, depois de receber passe de Vanilson e sair na cara do gol para marcar com tranquilidade.

O Jaraguá passa a concentrar seus esforços no Campeonato Goiano. Com quatro pontos em quatro jogos, o Gavião da Serra ocupa a quarta colocação do Grupo B e volta a campo na próxima quarta-feira (31) às 21h30 para enfrentar o Goiás na Serrinha.

Comentários